logo

logo logo logo Colab

Início
Prefeitura promove ações pelo Mês da Mulher PDF Imprimir E-mail

07/03/2017 - Para comemorar o 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, a Prefeitura de Niterói promove ampla programação em diversas unidades de saúde do município. Os eventos serão coordenados pelos setores de DST/Aids, da Coordenação de Vigilância em Saúde do município (Covig), pelo Departamento de Supervisão Técnico Metodológica (Desum) e unidades da rede básica.

Na manhã desta terça-feira (07) foi realizado, no auditório da Policlínica Regional Sérgio Arouca, na Praça Vital Brazil, em Santa Rosa, o Seminário Aborto Legal: um desafio para o SUS.

No Código Penal, o aborto está previsto em três situações: estupro, anencefalia (criança que nasce sem cérebro) e quando há risco de morte para a mulher. As dificuldades no cumprimento da lei são um desafio para o SUS, pois as mulheres enfrentam graves problemas psicológicos ao relembrarem dramas vividos, em casa, na rua ou nos locais de trabalho.

Organizado pelo Departamento de Supervisão Técnico Metodológica (Desum), por meio do Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher (Paism), o seminário foi dirigido aos profissionais de saúde do município e a população em geral. O evento discutiu o acesso das mulheres ao direito de abortar e favorecer a abertura de diálogo entre as diferentes áreas assistenciais do município.

Saúde da Mulher

A Fundação Municipal de Saúde realiza ações periódicas de Saúde da Mulher oferecidas na rede básica municipal. São elas: assistência ao pré Natal e ao puerpério, assistência ao pré Natal de alto risco na Policlínica de Especialidades em Saúde da Mulher Malu Sampaio, o serviço é oferecido a gestantes atendidas na rede básica e que apresentam necessidades de atendimento diferenciado. Atendimento ginecológico e prevenção do câncer ginecológico (de colo uterino e de mama) em toda a rede básica de saúde. Planejamento Reprodutivo, com oferta de ações educativas e de métodos contraceptivos. Laqueadura Tubária e vasectomia, quando da escolha da (o) usuário  (a), mediante o cumprimento de critérios legalmente definidos. Acolhimento, notificação e atendimento de mulheres vítimas de violência: em toda rede básica de saúde.

Programação

Nesta quarta-feira, 8 de março, o setor de Doenças Sexualmente Transmissíveis da UFF, em parceria com a FMS, convida todas as mulheres a fazer o teste de sífilis. Sob o mote “Mulher, você pode viver melhor a sua liberdade com consciência e cuidado! Venha fazer o seu teste de sífilis!”, a campanha tem como objetivo sensibilizar o público feminino para a necessidade do diagnóstico, mas também da prevenção, incentivando o uso do preservativo durante a relação sexual. Nos últimos cinco anos, a doença apresentou um avanço alarmante, passando de 1,2 mil para 65 mil casos.

O teste para sífilis será realizado nas unidades básicas de saúde de Niterói e no Instituto de Matemática da UFF, no Campus do Valonguinho, das 8h às 17h.

A coordenação do Programa Médico de Família realizará na parte da manhã nos módulos do Cafubá 1, na Região Oceânica; Morro do Céu, na Região Norte; bem como, o Martins Torres, na Região das Praias da Baía, uma roda de conversa com um grupo de gestantes, um ação dedicada ao Dia da Mulher e um café da manhã com representantes da comunidade.

A Policlínica Regional do Fonseca fará um café da manhã com usuárias e profissionais da unidade e promoverá a palestra "A Consequência do Tabagismo na Saúde da Mulher", com a Fonoaudióloga Fernanda de Paula.

alt
 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ