logo


Início
Niterói Negócios quer aquecer economia do município PDF Imprimir E-mail
31/03/2017-  Rodrigo Neves fechará parceria com Agência Rio Negócios para atrair investidores


Para alavancar a economia do município, promover, divulgar e atrair investimentos internacionais e de empresas nacionais para cidade, inclusive em parcerias público-privadas, a Prefeitura de Niterói fecha nos próximos dias um convênio de cooperação com a Rio Negócios, agência de promoção de investimentos do Rio de Janeiro. O acordo permitirá que Niterói passe a ter uma agência de fomento: a “Niterói Negócios”. O anúncio foi feito na noite da última quinta-feira (30-03), pelo prefeito Rodrigo Neves, durante reunião com empresários da cidade.

O presidente da Rio Negócios, Marcelo Haddad, apresentou os resultados positivos conquistados pelo Rio de Janeiro através da agência. A iniciativa niteroiense terá participação das secretarias de Desenvolvimento Econômico e Indústria Naval, e Fazenda, com o aval da Secretaria de Planejamento, Modernização da Gestão e Controle. De acordo com Haddad, ter como gerente de investimentos a Niterói Negócios significa ter cerca de sete mil empresas num cadastro de clientes de mais de 30 países, que poderão gerar negócios e atrair mais investidores, emprego e renda para a cidade.

O objetivo é alcançar resultados tão positivos como os que foram registrados na capital. Pelo diagnóstico econômico apresentado sobre o Rio de Janeiro, os investimentos voltados a iniciativas de crescimento se multiplicaram por cinco. Num raio de 500 quilômetros, o Rio de Janeiro assumiu a liderança em termos de investimento, mais do que capitais como Belo Horizonte, Vitória e São Paulo.


Após estudar o potencial de Niterói, a instituição apontou que a vocação de Niterói está segmentada no turismo, gastronomia, petróleo e gás, tecnologia e sustentabilidade, Indústria Imobiliária e de Construção Civil, Call Center, Polo Cervejeiro e de Modas, Clubes Náuticos, prestação de serviços, entre outros.

“Nossas secretarias já estavam promovendo um diálogo com a Rio Negócios para avaliarmos o que seria melhor para a cidade. Nos quatro primeiro anos de governo, arrumamos a casa equilibramos as contas, fizemos pacto de gestão, investimos em Saúde, Educação, Mobilidade e sustentabilidade. Vamos continuar nesse caminho, mas tendo uma gerência de negócios para captar investimentos e ajudar a gerar emprego e renda para a cidade. Estou satisfeito em concretizar esse projeto após ouvir o segmento empresarial e todos concordam que será uma ótima opção para o município. É um plano estratégico ambicioso e vamos conseguir”, afirmou Rodrigo Neves.

Na apresentação para os empresários, a Rio Negócios fez um resumo dos investimentos e melhorias que Niterói teve nos últimos quatro anos e o que está previsto ainda dentro do Plano Niterói que Queremos. Dentre os destaques foram apresentados o pacto de gestão, obras de mobilidade como TransOceânica (que ficará pronta em 2018), Túnel Charitas Cafubá, Garagem Subterrânea de Charitas, investimentos em sustentabilidade e reciclagem e a parceria público privada na área de saneamento, que levará a cidade a ter 100% de abastecimento de água e de esgoto tratado.

Além disso, os empresários destacaram projetos que a Prefeitura de Niterói irá desenvolver, como estudo ambiental para desassorear o Canal de São Lourenço e para estimular a indústria Naval, a revitalização do Centro da cidade através da Operação Urbana Consorciada; Incentivo a Indústria de Pesca; cultura; gastronomia e a Península de Inovação que representa o crescimento da Indústria de Tecnologia.

“Niterói é uma cidade que está pronta para crescimento. O que iremos fazer é promover esse encontro mostrando aos investidores indústria e empresários que a cidade tem um potencial e apontar quais as suas vocações .Vamos divulgar o potencial econômico e comercial da cidade, incentivar a consolidação e ampliação de negócios e de forma global trabalhar para ampliar negócios das empresas já instaladas abrindo para investidores do Brasil outros países”, disse Marcelo Haddad.

O fato de Niterói ter conquistado o primeiro lugar no Estado do Rio de Janeiro no ranking Desafios da Gestão Municipal 2017 entre 100 cidades acima de 250 mil habitantes conta pontos na hora de investimentos, segundo Marcelo.

“Essa gestão se preparou para ser visionária, se estruturar e ter gestão. As nossas secretarias continuarão a ter o seu papel enquanto poder público, mas com uma gerência empresarial intermediando seu crescimento. Já está comprovado que medidas deste tipo se transformam em casos de sucesso”, afirma Luiz Paulino Moreira Leite, secretário de Desenvolvimento Econômico, que participou da reunião ao lado dos secretários de Administração; Fabiano Gonçalves, Fazenda; César Barbiero; Executivo, Axel Grael, e de Planejamento, Giovanna Victer.


Empresários apostam na parceria para crescimento econômico

Joaquim Andrade, presidente da Associação Conselho Empresarial e Cidadania (Acec), disse que o momento da cidade crescer é agora: “A cidade ganhou em infraestrutura e essa nova etapa será muito positiva para a cidade”.

Como representante do mercado Imobiliário o presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Niterói (Ademi-Niteroi), Bruno Serpa Pinto, acredita na inovação. “Com toda essa perspectiva que está sendo apresentado pelo poder público a parceria tem tudo para dar certo e a cidade crescer e ganhar novo mercado, e estimulo aos empresários locais”, destacou Bruno .

Para o empresário Gilson Ribeiro, do setor de óleo e gás, as grandes obras de mobilidade que a gestão municipal realizou são a prova de uma visão de futuro.
“A cidade está preparada para grandes eventos e se preparando para receber investimentos. Nossa área sofreu com a crise no país, mas estamos confiantes e apoiando a iniciativa", finalizou.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ