logo


Início
Niterói se candidata a programa da ONU para ser cidade modelo de resiliência PDF Imprimir E-mail

19/07/2017 – Niterói é uma das sete cidades brasileiras, entre os 5.570 municípios do país, que vão concorrer ao certificado Cidade Modelo em Resiliência, conferido pelo Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres. O município foi indicado pela Secretaria Estadual de Defesa Civil por já apresentar ações de resiliência nos últimos quatro anos.

Na tarde desta quarta-feira (19.07), o prefeito Rodrigo Neves recebeu em seu gabinete o secretário estadual de Defesa Civil e comandante geral do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, coronel Ronaldo Alcântara, ocasião em que assinou o termo de compromisso de participação no programa da ONU “Cidades resilientes: minha cidade está se preparando”. Assim como Petrópolis, na Região Serrana, e as demais cidades participantes, Niterói será avaliada em 90 itens e terá que apresentar um plano de resiliência. A previsão é que a cidade seja certificada em quatro meses.

Rodrigo Neves destacou que a possibilidade de Niterói ser certificada como cidade modelo em resiliência é um grande desafio.

“Essa iniciativa nos colocará a responsabilidade de, como cidade modelo, aperfeiçoar o sistema de Defesa Civil. Nos últimos quatro anos, a prefeitura realizou um trabalho muito consistente e sério, com investimentos expressivos no Sistema de Defesa Civil. Nós recebemos a cidade há quatro anos num contexto dramático, desafiador, especialmente nessa área, porque em 2010 Niterói viveu a maior tragédia climática da sua história, que afetou profundamente todas as regiões da cidade. Por isso nós decidimos como prioridade estratégica o investimento na Defesa Civil. Pela complexa formação geológica do município, em 2013, instalamos numa rede de fibra ótica, uma rede de pluviômetros, sistema de estações meteorológicas, a Defesa Civil se mudou para uma nova sede, instituímos 48 Núcleos de Defesa Civil nas comunidades de maior risco geológico, implantamos o sistema de alarme e alerta por sirenes, investimos R$ 150 milhões em 50 obras de contenção de encostas e equipamentos para que a Defesa Civil tenha uma ação preventiva. Essa parceria da prefeitura com o Corpo de Bombeiros já trouxe resultados efetivos nesses quatro anos, pelo fato de não termos nenhum tipo de ocorrência grave pelas ações preventivas que implantamos”, afirmou o prefeito.

O coronel Ronaldo Alcântara destacou que indicar Niterói para a certificação é um reconhecimento ao trabalho que o município vem fazendo.

“Foi como reconhecimento a tudo o que foi feito na cidade de Niterói que a Secretaria Estadual de Defesa Civil indicou a cidade para ser uma das sete no Brasil a ter a certificação de cidade resiliente. A gente apostou nesse município reconhecendo todos os esforços realizados. Temos certeza que dentro de quatro meses Niterói estará portando seu certificado de cidade modelo”, disse o secretário.

O coordenador da Defesa Civil Municipal, Walace Medeiros, ressaltou que Niterói já vem implementando iniciativas no sentido de cidade resiliente.

“Esse convite nos dá muito orgulho, porque é um processo que envolve sete cidades brasileira e Niterói está nesse grupo participando do processo de seleção. Ainda temos desafios a serem vencidos, mas vamos nos dedicar ainda mais para continuar ouvindo os cidadãos niteroienses, que são os verdadeiros beneficiários desses resultados”, explicou.

Também participaram do encontro o secretário Executivo, Axel Grael, a coordenadora do Núcleo de Gestão Estratégica, Glaucia Macedo, além de representantes das Defesas Civil municipal e estadual.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ