logo

logo logo logo Colab

Início
Niterói é a segunda colocada no ranking nacional de Limpeza Urbana PDF Imprimir E-mail

clin
03/08/2017 –
Niterói ficou em primeiro lugar no Estado do Rio e em segundo no ranking nacional de Limpeza Urbana. Foram avaliados 3.049 municípios de todo o País, incluindo as capitais, e Niterói obteve excelentes índices ficando atrás somente da cidade de Maringá, no Paraná. O detalhamento do Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana, desenvolvido pelo Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana (Selur), será divulgado no final deste mês em São Paulo.

 

O prefeito Rodrigo Neves comemorou o resultado, mais um reconhecimento do esforço da Prefeitura para a melhoria na qualidade de vida do niteroiense.

“Nossa cidade ficou em segundo lugar no Brasil no ranking de limpeza urbana. Conquistamos mais um excelente resultado através de nossas políticas públicas, agora na gestão de resíduos e limpeza urbana. Ao longo dos últimos três anos recuperamos e também conquistamos vários prêmios e posições em avaliações de desempenho de instituições independentes em várias áreas. Alcançar o segundo lugar dentre os 3.049 municípios analisados é realmente extraordinário”, disse Rodrigo Neves.

Essa é a segunda edição do Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana, desenvolvida pelo Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana (Selur) e pela PwC, que avaliou mais de 3.000 municípios com base em critérios como impacto ambiental e engajamento da sociedade na destinação do lixo.

“É um orgulho para Niterói ver o resultado dessa pesquisa, que espelha o empenho de toda a equipe da CLIN, formada por profissionais muito dedicados, e de toda a administração municipal”, afirma Luiz Carlos Fróes Garcia, presidente da CLIN, lembrando que Niterói está adequada à Lei Nacional dos Resíduos Sólidos.

Atualmente, a Companhia de Limpeza Urbana de Niterói (CLIN) recolhe, por mês, 13.334 toneladas de resíduos de coleta domiciliar e 3.167 toneladas de varrição. Outros resíduos como, galhos, lodos e entulhos chegam a acumular 3.500 toneladas. Outras 188 toneladas de resíduos recicláveis são recolhidas, por mês, na cidade.  O programa de coleta seletiva da empresa evita danos ambientais. Ele é baseado na filosofia dos 3Rs: “Reduzir, Reutilizar e Reciclar”.

A Prefeitura de Niterói desenvolve atividades educativas, de forma a conscientizar a população quanto a sua importância no sucesso do trabalho de manter a cidade limpa. O sistema de recolhimento seletivo porta a porta é realizado em toda a cidade de forma setorizada, de acordo com os bairros e a demanda de resíduos. Após cadastro na CLIN o morador recebe todas as instruções sobre o processo de separação seletiva dos materiais.

Além dos recicláveis comuns (papel, plástico, vidro e metal), a CLIN possui projetos para reaproveitamento de diversos materiais, tais como óleo de cozinha usado, pilhas, pneus e isopor. A cidade de Niterói é pioneira na coleta e reciclagem do isopor.

Atualmente, todo resíduo produzido em Niterói tem destino final adequado. Os resíduos são coletados e destinados à Célula Emergencial do Morro do Céu, que fica no bairro do Caramujo. No local, tais resíduos são pesados e recebem o tratamento adequado e tecnicamente normatizado. Os resíduos domiciliares são destinados ao CTR de Alcântara, em São Gonçalo. Os resíduos de serviço de saúde são destinados ao CTR de Itaboraí. Os resíduos de construção civil são destinados ao CTR de Anaia, em São Gonçalo. Já os resíduos recicláveis são doados para a cooperativas de catadores, desta forma todo participante auxilia na preservação ambiental e na inserção social.

 

Fórmula do sucesso

Segundo a pesquisa que definiu o Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana (ISLU), os munícipios com arrecadação específica para a gestão de lixo, como é feito em Niterói, oferecem uma destinação mais correta dos resíduos: cerca de 70% das cidades com arrecadação específica dispõem corretamente os resíduos – encaminhando-os para aterros sanitários. Nas localidades sem arrecadação específica, o índice é de 28%. O estudo também revela que, nos munícipios com arrecadação específica, o índice de reciclagem de lixo é o dobro (6%) daqueles onde não há a cobrança específica para a gestão de resíduos sólidos.

As cidades que contam com um planejamento de limpeza urbana também apresentam um desempenho melhor. O estudo mostra que 75% dos munícipios com esse tipo de plano e arrecadação específica dispõem o lixo em aterros sanitários, ante 24% daqueles sem arrecadação e planejamento de sustentabilidade.

“Os dados apresentados revelam a importância de mecanismos específicos para gerar recursos para o descarte correto dos resíduos. O ISLU também traz uma série de análises e parâmetros para que gestores públicos e privados de limpeza urbana possam tornar o ambiente das cidades mais adequado e sustentável”, diz Marcio Matheus, presidente do Selur.

O estudo tem como objetivo suprir a falta de informações sobre a coleta de resíduos nas cidades brasileiras e mapear o cumprimento das recomendações da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Nesta edição, foram avaliados 3.049 municípios, ante 1.729 no ano passado. Os dados utilizados foram coletados na base de 2015 do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). O ISLU criou um índice para avaliar a limpeza urbana nos municípios e o grau de cumprimento das normas estabelecidas pelo PNRS, com uma pontuação que varia de zero a um.

Para chegar aos resultados do ISLU, quatro aspectos são levados em consideração: Engajamento do Município (população atendida e população total); Sustentabilidade Financeira (arrecadação específica menos despesa do serviço sobre a despesa total do município); Recuperação dos Recursos Coletados (material reciclável recuperado sobre total coletado); e, por fim, Impacto Ambiental (quantidade destinada incorretamente sobre a população atendida).

 

Sobre o SELUR

O SELUR (Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana do Estado de São Paulo) é o órgão responsável por centralizar os esforços das empresas paulistas de limpeza urbana. A instituição representa o conjunto de ações fundamentais para a sociedade, que incluem coleta e transporte de resíduos sólidos, manutenção da limpeza pública, além do tratamento e destinação final do descarte feito pela comunidade – desde residências até estabelecimentos comerciais e hospitalares. O SELUR tem ainda o objetivo de divulgar informações a fim de conscientizar os cidadãos comuns da relevância social, ambiental e econômica dos serviços prestados pelas suas associadas e seus milhares de colaboradores.

 

Sobre a PwC

Na PwC, o propósito é construir confiança na sociedade e resolver problemas importantes. Trata-se de um Network de firmas presente em 157 países, com mais de 223 mil profissionais dedicados à prestação de serviços de qualidade em auditoria e asseguração, consultoria tributária e societária, consultoria de negócios e assessoria em transações.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ