logo

logo logo logo Colab

Início
Prefeitura de Niterói publica resultado de procedimento licitatório para estudo de impacto ambiental da dragagem do Canal de São Lourenço PDF Imprimir E-mail

28/11/2017 – A Prefeitura de Niterói publicou no Diário Oficial desta terça-feira (28/11) o resultado do procedimento licitatório para realização do Estudo de Impacto Ambiental (EIA), Relatório de Impacto Ambiental (Rima) e Assessoria Técnica para Licenciamento Ambiental para obras de dragagem do canal de São Lourenço. O estudo, que será realizado pelo valor de R$ 599.856,00, é de extrema importância para que o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) libere a obra, de responsabilidade do Governo Federal. A empresa escolhida terá prazo de nove meses para concluir o trabalho.

Aguardada há mais de 20 anos, a dragagem do canal de São Lourenço é estratégica para a Indústria Naval de Niterói, uma vez que permitirá a passagem de grandes embarcações para os estaleiros da cidade. O pedido para a obtenção da licença ambiental foi feito pelo Instituto Nacional de Pesquisas Hidroviárias (INPH) ao Inea, e a prefeitura está acelerando o processo, que se trata de uma ação federal. O estudo que será elaborado é necessário para análise de viabilidade ambiental das obras de dragagem no canal de São Lourenço.

Dentro dos próximos dias, representantes da Prefeitura se reúnem com a empresa selecionada para alinhar a data de início do estudo. O secretário de Desenvolvimento Econômico e Indústria Naval, Luiz Paulino, explicou que empresários da região iniciaram o processo fazendo em suas entradas uma parte da dragagem. Ele ainda pontuou que existe uma verba do Ministério dos Portos, referente à área de fundeio, que poderá ser usada pelo governo federal após a liberação do Inea da licença ambiental.

“Nossa intenção é que o estudo seja finalizado o mais rápido possível, seguindo todas as exigências do Inea. No futuro a dragagem vai melhorar, primeiramente, a qualidade da água, vai trazer benefícios para a qualidade ambiental da cidade. Ainda vai trazer incremento para o setor naval, que vem sofrendo muito com o momento econômico do país. Queremos também estimular a atividade pesqueira na região”, detalhou.

A obra de dragagem, posterior ao estudo, permitirá que os estaleiros que estiveram voltados à construção nos últimos anos, atuem também no reparo e manutenção de grandes embarcações, gerando novos negócios e garantindo empregos. O Porto de Niterói está a pouco mais de 100 quilômetros da rota dos navios e embarcações que irão atuar diretamente na prospecção do pré-sal, sendo estratégico para a logística nesta área. Hoje, a profundidade de 7,5 metros do canal faz com que o Porto de Niterói deixe de receber encomendas tanto de reparos quanto de construção de embarcações.

 
campo 110 anos
Niterói Cervejeiro

PMUS

ouvidoria


Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ