logo

logo logo logo Colab

Início
Na luta contra o Aedes: Niterói participa do Dia D de combate ao mosquito PDF Imprimir E-mail

07/12/2017 – Nesta sexta-feira (8) é realizado o Dia D de combate ao Aedes aegypti e a Fundação Municipal de Saúde de Niterói vai realizar um mutirão de combate ao mosquito no bairro Maravista, na Região Oceânica. A ação, que tem com o objetivo combater e prevenir a proliferação do mosquito, contará com aproximadamente 40 agentes de combate a endemias, além de funcionários do Setor de Informação, Educação e Comunicação em saúde.

O último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), divulgado pelo Ministério da Saúde, registrou que Niterói tem 0.9% de infestação de criadouros, o que indica baixo risco de surto da doença, patamar considerado satisfatório pelo ministério. A secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, destaca as ações de prevenção como resultado na queda do número de casos das doenças transmitidas pelo mosquito.

“O resultado do último LIRAa demostra a efetividade do trabalho que é realizado durante todo o ano pela Fundação Municipal de Saúde no combate ao Aedes. Mesmo tendo reduzido os números de arboviroses, o município vai intensificar as ações no verão. Nos meses mais quentes a incidência dos mosquitos é maior, por isso vamos continuar trabalhando para conseguir cada vez mais avançar nesta luta”, informa a secretária.

Agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) realizam fiscalização e vistorias das casas em todas as regiões do município. Profissionais do Programa Médico de Família também atuam em parceria com prevenção e combate nas suas áreas de cobertura. Também são realizados mutirões de prevenção e combate aos finais de semana em áreas que são mais propensas a proliferações de vetores e nas casas que não foram visitadas durante a programação intersetorial por ausência do morador.

Nesta sexta, equipes do CCZ vão percorrer as casas da região para identificar possíveis criadouros do mosquito e eliminá-los. Além do combate, a operação vai contar a distribuição de folhetos e cartazes contendo informações sobre as doenças transmitidas, sintomas e medidas necessárias para evitar a proliferação do Aedes aegypti dentro de casa.

“O combate ao vetor no ambiente domiciliar e nos demais logradouros públicos é de vital importância para a manutenção da saúde pública”, analisa Francisco de Faria Neto, chefe do CCZ.

 
sigeo

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ