logo

logo logo logo Colab

Licitações SASDH

Licitações SEMUG


Início
Prefeitura de Niterói realiza primeira Jornada de Educação Cidadã PDF Imprimir E-mail

jornada

09/10/2018 – Mais de 30 alunos da Escola Municipal Felisberto de Carvalho, em Pendotiba, receberam, nesta terça-feira (9), uma aula de cidadania e ética. As crianças, entre 10 e 13 anos de idade, estão participando da I Jornada de Educação Cidadã, um projeto da Prefeitura de Niterói desenvolvido pela recém-criada Controladoria Geral do Município (CGM) em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU), a Secretaria Municipal e Educação, Ciência e Tecnologia e a Fundação Municipal de Educação (FME).

 

Os estudantes receberam um material didático e lúdico, com a Turma da Mônica ensinando, através de histórias e atividades, valores como ética, democracia, cidadania, participação social, autoestima, diversidade, inclusão social e solidariedade, entre outros. Além do colégio em Pendotiba, o material será trabalhado em sala de aula pelos professores do quarto ano do Ensino Fundamental das Escolas Municipais Ernani Moreira Franco, no Fonseca, e Tiradentes, no Barreto. Cerca de 150 alunos serão beneficiados.

“A realização da Jornada de Educação Cidadã é parte do planejamento estratégico da CGM e constitui um dos seus valores, o de educar – não apenas os gestores e agentes públicos, mas os cidadãos. Essas crianças são cidadãos que, no futuro, vão exercer as mais variadas profissões e vão levar esse conhecimento sobre democracia, ética e honestidade para a vida”, explica a controladora geral do Município, Cristiane Marcelino, destacando que tem como meta a realização de três jornadas anuais, sendo uma técnica, uma gerencial e uma cidadã.

O evento também contou com a participação do coordenador do Núcleo de Ações de Ouvidoria e Prevenção à Corrupção da CGU, Marcelo Paluma, da auditora federal de finanças e controle, Maria Claudia Rio Branco, da secretária de Educação, Flávia Monteiro de Barros, do presidente da FME, Bruno Ribeiro e do subsecretário municipal de Projetos Especiais, José Henrique Antunes, além das diretoras e professoras das unidades.

“A CGU, em parceria com o Instituto Maurício de Sousa, desenvolveu esse material com linguagem acessível, lúdica, para, por meio de brincadeiras e histórias, transmitir esses valores tão importantes para a nossa sociedade”, disse Marcelo Paluma.

Para a secretária Flávia, o objetivo do projeto é proporcionar uma série de conhecimentos que vão contribuir para o futuro das crianças.

“Precisamos, cada vez mais, que as pessoas se preocupem com a ética. A ética pode ser uma palavra difícil para as crianças, mas elas vão entender bem o que significa, já que ela passa pela compreensão, solidariedade e honestidade. Esses são valores que precisamos ensinar e cultivar nas crianças que, no futuro, serão os cidadãos que vão dirigir esse país”, pontuou.

Bruno Ribeiro, presidente da FME, destacou o papel de multiplicadores das crianças: “Esse projeto tem muito a acrescentar aos alunos, principalmente resgatando valores e princípios. Esse trabalho, apresentado de forma lúdica e fácil de aprender, vai influenciar não apenas os estudantes, mas as pessoas que eles têm contato, como a família, amigos e vizinhos”, analisou.

A pequena Clara Vitória da Silveira, de 10 anos, não escondia a emoção quando recebeu o kit escolar.

“Gostei muito do projeto. Achei bem legal e vou ler com a minha irmã, que também adora as revistinhas da Mônica. Obrigada por esse presente”, comemorou.

 
Niterói Cervejeiro

ouvidoria


Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ