logo

logo logo logo Colab

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações Sexec

Licitações SEMUG


Início
Biblioteca Parque de Niterói já recebeu mais de 200 mil visitantes PDF Imprimir E-mail

Biblioteca parque - Bruno Eduardo Alves (1)
21/06/2019 –
Administrada há dois anos pela Prefeitura de Niterói, a Biblioteca Parque foi municipalizada ano passado e já recebeu mais de 200 mil visitantes durante esse período. Com mais de 80 anos de existência, o local conta com um acervo de 62 mil títulos. Localizada na Praça da República, um dos marcos arquitetônicos da região do Centro, a Biblioteca ficou fechada de fevereiro a junho de 2017, quando a Prefeitura de Niterói firmou convênio com o Governo do Estado para administrar o espaço, municipalizado no ano seguinte.

 



O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, destaca que a Biblioteca Parque de Niterói (BPN) é um patrimônio histórico e referência para a pesquisa, arte e conhecimento.

“A Biblioteca tinha sido fechada em 2017 em função da crise no Governo do Estado, mas asseguramos recursos para mantê-la aberta por sua grande importância para a cidade. A municipalização trouxe uma perspectiva de continuidade desse espaço de construção do saber, de convivência e de pesquisa. Esse prédio é uma pedra preciosa que faz parte da história de Niterói”, disse.

Além do acervo de livros, jornais, revistas, enciclopédias, biografias, DVDs, músicas digitalizadas, livros e equipamentos em Braile, no local há exibições de filmes, saraus de poesia, oficinas e leituras dramatizadas.


Programação – Neste mês de junho, a biblioteca tem programação para crianças, jovens e adultos, além de palestras e cursos profissionalizantes. Neste sábado (22) a atração para as crianças será atriz e contadora de histórias Ilana Pogrebinschi, que conta histórias que revivem com vigor uma sabedoria que transcende o tempo, às 11h30.

Em julho, o grupo Tatu Canta Cá, integrante da programação fixa da Biblioteca, apresenta sua oficina de Musicalização Infantil todos os sábados, às 10h30, na Sala Infantil. No dia 03 de julho, a Oficina de Musicalização da biblioteca recebe a A.L.M.A (Arts; Language; Music; Aliance), grupo de Chicago integrado pelas cantoras e educadoras Rita Cassiano (Rio de Janeiro) e Gingi Lahera (Chicago).

Arquitetura – Fazer uma visita à Biblioteca de Parque representa também a experiência de conhecer um patrimônio arquitetônico do estado, tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) na década de 80. O casarão foi projetado por ninguém menos que o arquiteto italiano Pietro Campofiorito, que veio ao Brasil para ser discípulo de Zeferino da Costa. Ajudou-o no projeto de decoração da Igreja da Candelária e acabou radicando-se em Niterói. A construção, com cerca de 1.500 metros quadrados, tem estilo eclético, com inspiração neoclássica.

Localizada na Praça da República, um dos marcos arquitetônicos da região central da cidade, o prédio da biblioteca forma um testemunho vivo da arquitetura do começo do século XX, com à delegacia de polícia civil, o Fórum, o Liceu Nilo Peçanha e a Câmara Municipal.

Sob a administração da Prefeitura, a biblioteca ganhou novo mobiliário, espaço infantil e salas apropriadas para exposições, exibições individuais de filmes, saraus de poesia, peças teatrais, shows de música e leituras dramatizadas. Além de todas as novidades, a BPN ainda abriga uma importante fonte histórica: a sede da Academia Fluminense de Letras.

A Biblioteca Parque de Niterói funciona de terça a sexta-feira, das 10h às 20h; sábados e domingos, das 10h às 19h.

 

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ