logo

logo logo logo Colab

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações Sexec

Licitações SEMUG


Início
Niterói mostra iniciativas inovadoras em congresso internacional de Cidades Inteligentes PDF Imprimir E-mail

23/07/2019 - Considerada uma das 10 cidades mais inovadoras e a sexta melhor do Brasil para se investir, Niterói apresentou, durante o Smart City Business Brazil Congress & Expo, em São Paulo, nesta terça-feira (23), exemplos de como inovação e modernização da máquina pública podem aproximar os cidadãos e os governo locais. Ao lado de especialistas, empreendedores e outros líderes, o prefeito Rodrigo Neves participou de uma mesa de debates, promovida pela UN-Habitat (Política de Habitação do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos), sobre o uso da tecnologia para atender as demandas da população.


 

“Este é um dos eventos mais importantes sobre cidades inteligentes em nosso país. Niterói, nos anos recentes, vem realizando investimentos expressivos em modernização da gestão pública, em inovação e tecnologia para melhorar a qualidade da administração pública e implementar serviços públicos necessários ao desenvolvimento da cidade e a qualidade de vida dos niteroienses”, disse o prefeito. "Satisfação participar de um evento como esses, sobre tudo com a cooperação de uma agência internacional tão importante quanto a UN-Habitat".

Em sua palestra, Rodrigo Neves destacou que os investimentos fizeram a Prefeitura de Niterói evoluir da 49ª posição para o 6º lugar como melhor cidade para se investir, empreender e negociar no Brasil. A informação é da consultoria Urban Systems, que analisou o potencial de desenvolvimento econômico de 100 cidades acima de 100 mil habitantes, identificando as que têm melhores oportunidades para negócios. A pesquisa foi publicada na Revista Exame. O município, que estava no 49º lugar no ranking anterior de 2017, também alcançou a melhor colocação no Estado do Rio de Janeiro.

Rodrigo Neves também lembrou que Niterói foi a 10ª colocada no ranking da Urban System Brasil das cidades mais inovadoras do país. Segundo o prefeito, esses dois rankings tornam a cidade referência a ponto de fazer a cidade ser convidada para o evento.

População engajada - Rodrigo Neves disse ainda que Niterói foi uma das primeiras cidades do país a trabalhar o engajamento da população em políticas públicas, em buscar soluções conjuntas. Ele usou como exemplo o Colab, o projeto Niterói que queremos, que ouviu mais de 10 mil pessoas, além do referendo para se armar a Guarda Municipal.

“Niterói usa a tecnologia para ouvir a população. Com isso, a demanda aumenta muito, e a prefeitura precisa estar preparada para lidar com isso. Niterói trabalha muito para ter a resposta mais adequada possível. A cidade usa o conceito de governo aberto, com diversas iniciativas tais como o portal da transparência, o conselho de transparência, o fundo de royalties com o saldo divulgado na internet. Niterói é um exemplo de como a tecnologia pode resultar no engajamento dos moradores para implantação de políticas públicas e melhoria da qualidade de vida do cidadão”, concluiu o prefeito.

Também participaram da mesa de debates o prefeito de Recife, Geraldo Júlio, e a prefeita de Monteiro Lobato (SP), Daniela de Cassia Santos Brito, além do publicitário Gustavo Maia; e José Paluzzi, diretor de vendas e desenvolvimento de negócios de IoT da Qualcomm para a America Latina. O debate foi intermediado pelo arquiteto e urbanista Claudio Acioly.

Rodrigo Neves foi acompanhado no evento pelo secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Axel Grael, que destacou os avanços de Niterói no uso da tecnologia a serviço da população.

“Niterói avançou muito nesse tema de Cidades Inteligentes, que nada mais é do que usar a tecnologia para melhorar serviços prestados pelo poder público ao cidadão e também melhorar o cotidiano, a vida das pessoas. É permitir, por exemplo, que os dados produzidos pela administração pública municipal sejam disponibilizados ao grande público para que gerem, por exemplo, aplicativos facilitadores. Não é apenas uma iniciativa voltada para políticas públicas, mas também para criar facilidades para o cidadão”, disse Axel Gael.

O prefeito de Recife destacou que a urbanização é um dos grandes desafios dos gestores públicos de todos os países.

“O mundo inteiro está desafiado, porque em 2014 ficou comprovado que mais de 50% da população mundial mora em áreas urbanas, e o Brasil já ultrapassou os 80% nesse índice há muitos anos. A gente é exemplo para o mundo inteiro, porque a gente já conhece os problemas urbanos e a renovação da tecnologia tem um papel fundamental para a gente tornar as cidades mais resilientes, mais sustentáveis e mais inteligentes”, disse Geraldo Júlio.

Smart Cities - O Smart City Business Brazil Congress & Expo 2019 começou na última segunda-feira (22) e termina nesta quarta-feira (24), no Transamérica Expo Center, em São Paulo. O evento, que tem a quarta edição no Brasil, reúne as principais empresas de tecnologias, prefeitos, secretários, governadores e todo ecossistema de cidades inteligentes para uma imersão no novo conceito de Smart Cities - ou seja, aquele que utiliza novas tecnologias, modelos e práticas disruptivas para resolver problemas antigos, como o trânsito, segurança pública ou limpeza urbana.

Com as novas oportunidades e desafios para implementar um novo conceito de gerenciamento urbano, o evento investe em novos modelos de discussão. Em vez de apenas palestras e workshops, o evento proporciona aos participantes a chance de acompanhar Reuniões Estratégicas entre especialistas do setor e autoridades - prefeitos e secretários.

Ao todo serão 18 reuniões estratégicas durante os 3 dias de evento. Os debates acontecem em uma ilha e, após cada reunião, o mediador disponibilizará um documento com as principais argumentações da discussão para que possam servir de aprendizado e guia para os profissionais dos diferentes setores que convergem no mercado de cidades inteligentes.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ