logo

logo logo logo Colab

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações Sexec

Licitações SEMUG


Início
Eventos voltados para tecnologia marcam o fim de semana em Niterói PDF Imprimir E-mail

17/08/2019 - O secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Axel Grael, participou da abertura do HackNit 2019, na manhã deste sábado (17), no Caminho Niemeyer. Modernizar os procedimentos nas várias áreas da administração pública por meio da tecnologia foi o desafio lançado pela Prefeitura de Niterói para as 26 equipes participantes do evento.


Axel Grael enfatizou que, com mais uma edição do HackNit, a Prefeitura de Niterói avança para construir uma gestão cada vez mais moderna e atualizada.

"Este ano, o evento traz ainda mais novidades. Niterói já é reconhecida como uma das cidades inteligentes do País. O Município tem grande vocação universitária e no HackNit estão sendo discutidos temas muito atuais, como a inteligência emocional. Nosso objetivo é estimular e promover desdobramentos que possam ser aplicados com eficiência, e que rendam frutos bastante positivos não só para os participantes como para toda a cidade", disse Grael.

O secretário lembrou ainda que o evento também estimula startups de profissionais da área de TI, que estão em formação ou já no mercado de trabalho, para que eles promovam e desenvolvam seus softwares e suas habilidades no município.

As equipes do HackNit reúnem programadores, profissionais ligados ao desenvolvimento de software, designers, empreendedores, professores e interessados por temas sensíveis à administração pública, que deverão desenvolver seus projetos aplicando técnicas de Inteligência Artificial (AI), Internet das Coisas (IoT) e Conectividade entre sistemas.

Nestes dois dias acontece a etapa de “Ideação”, com apresentação dos desafios e o desenvolvimento das propostas para solucioná-los. As 10 melhores soluções serão classificadas para a segunda etapa e seus autores terão o prazo de um mês para desenvolvê-las. Em 28 de setembro acontece a final do HackNit 2019.

"Este é mais um dia muito especial para Niterói. É importante lembrar que cidades inteligentes não são apenas as que usam tecnologia, mas aquelas que também apostam em uma gestão participativa, uma gestão responsável, que visa o desenvolvimento econômico e social. E é isso que estamos fazendo aqui. Essas equipes nos ajudam a pensar, de forma criativa, processos que possam ser implementados", afirmou a secretária municipal de Fazenda, Giovanna Victer.

Empregar a tecnologia na construção da cidade é uma das prioridades da Prefeitura de Niterói, como consta no Plano Estratégico Niterói Que Queremos. Dentro desse conceito já funcionam, por exemplo, os Portais de Segurança com câmeras inteligentes para monitoramento e identificação de veículos, e os semáforos inteligentes com controle do fluxo de veículos de uma via, alterando o tempo de cada semáforo visando dar mais fluidez ao tráfego.


Robótica – Enquanto acontece o HackNit no Museu da Ciência e Criatividade (Cúpula da Fundação Niemeyer), no Teatro Popular está sendo realizada a etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica. O evento é uma realização do Programa Niterói Digital, pela subsecretaria de Ciência e Tecnologia da Prefeitura de Niterói.

O objetivo é incentivar os jovens às carreiras científicas-tecnológicas, além de promover debates e atualizações no ensino, com foco nos estudantes dos ensinos fundamental, médio e técnico, de escolas públicas e privadas.

No programa estão atividades em duas modalidades: prática e teórica, adequadas tanto para quem nunca viu robótica quanto para alunos de escolas que já têm contato com a robótica educacional.

Na modalidade prática acontecem os eventos/competições regionais e estaduais que classificam as equipes de estudantes para uma final nacional, sob a orientação de seus professores e cientistas. Já a modalidade teórica é desenvolvida nas escolas e em sedes regionais, onde os estudantes respondem questões escritas, em uma única fase para o Ensino Fundamental, e em duas fases para o Ensino Médio e Técnico.

“Este é um fim de semana de ciência, tecnologia e inovação imperando na cidade. É um movimento importante de construção colaborativa compartilhada, chamando a sociedade para pensar a cidade junto através do kacknit e, também, uma olimpíada científica, com mais de 50 equipes inscritas e aproximadamente 200 alunos”, enfatizou a diretora da Subsecretaria de Ciência e Tecnologia, Adriana Neves, ressaltando que a ideia é inserir a robótica no calendário oficial da cidade.

Adriana ressaltou ainda que outra entrega importante conquistada através do programa Niterói digital foi o coworking que está funcionando no Caminho Niemeyer.

“Esta iniciativa surgiu justamente para atender a esse movimento pós HackNit. É um espaço de desdobramentos para continuar fomentando isso nas pessoas. A lógica do KackNit esse ano é em etapas e este é mais um espaço compartilhado da Prefeitura que também estará à disposição das universidades para fazermos a ponte com a pesquisa”, contou.

Bastante animada em estar participando de mais uma edição da Olimpíada Brasileira de Robótica, a professora Evelyn Crespo, da Escola Municipal João Brasil, que estava acompanhada das alunas Marina Paula, 11 anos, e Rebeca do Nascimento, 9, destacou a importância de eventos como este.

“Este é um projeto que visa a inclusão digital. A robótica ajuda até mesmo no ensino e no aprendizado de outras disciplinas como a matemática, além de contribuir para aumentar a concentração. É muito positivo ver o crescimento dos alunos. A preparação para a competição também contribui no desenvolvimento das relações interpessoais por conta do trabalho em equipe. Temos tido excelentes experiências”, revelou a professora ao lado da sua equipe que entrou na competição com o robô Dandara.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ