logo

logo

Licitações FeSaúde

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações SMEL

Licitações Sexec

SMO-UGP/BID

Licitações SMEL


Início
Cisp atinge marca de 100 mil atendimentos para a população de Niterói PDF Imprimir E-mail

17/02/2021 -Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) bateu a marca de 100 mil atendimentos aos moradores de Niterói. O número emblemático mostra que o 153 se confirmou como uma ferramenta de apoio à população para o atendimento das mais variadas demandas, não se limitando à segurança pública. Operado por guardas municipais treinados para o atendimento ao cidadão, o Centro funciona 24 horas por dia, fazendo com que Niterói seja uma das cidades mais monitoradas do estado, com 522 câmeras e outras 70 de inteligência artificial, capazes de identificar veículos roubados, possibilitando uma ação mais rápida por parte das forças de segurança mais próximas.



Mais de 150 veículos foram recuperados desde 2017, com a implantação do cercamento eletrônico, com a orientação dos agentes do Centro Integrado de Segurança Pública, o que comprova a importância do serviço de inteligência no auxílio para a elucidação de crimes. Além disso, durante a pandemia do coronavírus, o Cisp também vem orientando a população sobre os pontos de atendimento disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde e os auxílios sociais e econômicos desenvolvidos pela Prefeitura de Niterói.

Desde 2015, o Centro Integrado de Segurança Pública se tornou uma das principais ferramentas das forças de segurança no combate à criminalidade na cidade, com crimes elucidados e criminosos presos em ações orientadas pelos guardas municipais que operam no Cisp.

“Minha primeira palavra é de agradecimento aos guardas municipais que, dia e noite, não economizaram esforços para atender às demandas de nossa população. Esse compromisso é o alicerce de um serviço que não para de crescer. E agradeço, também, ao cidadão niteroiense que confia no trabalho do Cisp. Estamos trabalhando muito para que sejamos dignos dessa confiança”, destaca Paulo Henrique de Moraes, secretário de Ordem Pública de Niterói, reiterando que a cidade de Niterói apresenta hoje os melhores índices de segurança dos últimos 20 anos.

O sistema do Cisp tem guardas municipais treinados, além de policiais militares e integrantes do Programa Niterói Presente. Sempre que alguma movimentação suspeita é registrada ou as câmeras visualizam qualquer tipo de ocorrência, os agentes acionam a força de segurança mais próxima do local. O equipamento integra todas as forças de segurança estaduais, federais e municipais, além do Corpo de Bombeiros, NitTrans e Defesa Civil.

Atrelados ao Cisp existem ainda 10 portais de segurança, com leitores automáticos capazes de verificar as placas de veículos em situação irregular nas entradas e saídas da cidade. O cercamento eletrônico está presente em pontos estratégicos da cidade.

“Desde 2015, quando foi inaugurado, o Cisp se consolidou como a mais importante ferramenta de tecnologia à disposição das forças de segurança em Niterói. É um exemplo para outros municípios e mostra que, quando o ente municipal resolve investir em tecnologia e apoio às forças de segurança no combate à criminalidade, resultados positivos são registrados”, explicou Gilson Chagas, secretário do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança de Niterói. “Quem ganha com isso é a população, pois melhoram os indicadores e o retorno em termos de paz social é enorme. Recebemos sempre a visita de agentes de segurança de outros estados e municípios, que buscam conhecer o modelo aplicado em Niterói”, reforçou o secretário.

Uma prova de que o Cisp passou a ser uma ferramenta à disposição da população para o auxílio às mais variadas demandas é que em 2020 foram mais 11 mil chamadas relacionadas a questões de saúde pública, cerca de cinco mil ligadas ao trânsito, cinco mil para atendimentos de ordem pública, 4,8 mil de chamadas ligadas a área de segurança e cerca de 4,2 mil de natureza ambiental, como resgates, fiscalizações entre outras.

“É um reflexo de como é importante o investimento na cidade. Muitas pessoas não acreditavam, mas hoje acionam e contam com o Cisp. É um órgão que já faz parte da política de segurança da cidade. Meu próprio pessoal que está dentro do Cisp orienta as ações da polícia. É até difícil mensurar quantas ocorrências foram resolvidas graças ao serviço. Já é normal contar com o monitoramento na nossa rotina de trabalho”, enfatizou o coronel Sylvio Guerra, comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar.

Inteligência – Além da tecnologia online para ações imediatas, o Cisp também é utilizado como um serviço de inteligência que dá suporte aos agentes no dia-a-dia e também auxilia outras forças de segurança em investigações para desbaratar e prender quadrilhas ou criminosos.

“Desde que nossa equipe veio trabalhar no município de Niterói, em 2018, estabelecemos uma grande parceria com o Cisp. Lembro que nessa época a cidade passava por um grande desafio relativo à segurança, pois vários assaltos vinham sendo praticados em restaurantes em Icaraí. Após um intenso trabalho investigativo, que contou com imagens fornecidas pelo Centro Integrado de Segurança Pública, todos os integrantes dessa quadrilha foram presos. De lá para cá os trabalhos em conjunto só aumentaram e hoje a cidade apresenta números altamente satisfatórios no combate ao crime”, observa a delegada da 81ª DP Itaipu, Raissa Celles.

Em janeiro deste ano, policiais da 76ª DP (Centro) prenderam em flagrante um homem que ficou conhecido como playboy mascarado, após assaltar bancas de jornais e comércios na cidade. A prisão foi possível graças ao apoio da inteligência do Cisp, que monitorou os passos do criminoso.

“Nossa inteligência rastreou os dias de assaltos e a maneira como o assaltante agia. A partir daí passamos as informações para a polícia, que é o órgão responsável por efetuar a prisão. Atuando dessa forma integrada já ajudamos a elucidar inúmeros crimes na cidade”, contou Nilson Cunha, diretor do Cisp.

Adrenalina em tempo real – “Meu trabalho no Cisp é bem gratificante. Lidamos diariamente com vários tipos de demandas diárias e direcionamos todas para o setor competente, sejam elas de emergência, criminais, de ordem pública, de atendimentos para secretarias municipais ou outros setores integrados” explicou Aline Neves, uma das guardas que atuam no Call Center do Cisp. “Tenho orgulho em desempenhar minha função. O Cisp é um serviço de grande importância, realizamos um trabalho integrado entre as forças de segurança, com uma equipe que está sempre comprometida com os resultados”, afirmou a guarda municipal.

 


Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ