Vital Brazil recebe mutirão contra mosquito Aedes aegypti Imprimir

12/01/2019 – A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Niterói realizou neste sábado (12) mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, zika e chikungunya no bairro Vital Brazil, Zona Sul da cidade. Na ação, foram vistoriados 468 imóveis.

Cerca de 30 agentes percorreram as ruas e canteiros vistoriando possíveis focos do mosquito e orientando a população com distribuição de material informativo. A equipe também realizou desratização, quando necessário.

A dona de casa Iracema Rodrigues recebeu os agentes em sua casa e agradeceu pelo trabalho.

“Acho muito importante esse tipo de ação e agradeço. Temos que fazer nossa parte também para combater o mosquito”, contou.

Segundo o chefe do CCZ, Francisco de Faria Neto, o índice de criadouros de mosquito na cidade está controlado e dentro do padrão instituído pelo Ministério da Saúde. No entanto, no verão, a atenção tem que ser redobrada.

“A melhor forma de prevenir essas doenças é a eliminação do vetor, ou seja, combater os criadouros do Aedes que coloca seus ovos em recipientes com água parada, como garrafas, sacos plásticos e pneus velhos”, explica Francisco, recomendando que as pessoas tirem um dia da semana para verificar a presença de focos em suas casas.


Ação diária – Além dos mutirões, as equipes do CCZ realizam trabalho intenso de rotina de prevenção e combate ao mosquito em Niterói. Agentes vistoriam diariamente imóveis em todas as regiões do município, combatendo focos do inseto e orientando a população. Profissionais do Programa Médico de Família também atuam em parceria com o CCZ nas suas áreas de cobertura. Niterói também possui Comitês Regionais de Combate à Dengue, organizados pelas Policlínicas Regionais, com ações elaboradas de acordo com as características de cada comunidade.