logo


Início
Prefeitura de Niterói inaugura primeira sala de coleta de leite humano da rede municipal de Saúde PDF Imprimir E-mail
31/03/2017 - Encerrando as comemorações do mês da mulher, a Prefeitura de Niterói inaugurou na manhã desta sexta-feira, 31/03, a primeira sala de coleta de leite humano da Fundação Municipal de Saúde (FMS), na Policlínica Carlos Antonio da Silva, em São Lourenço. O local também será de apoio ao aleitamento materno. A iniciativa, uma parceria da FMS com o Rotary Clube de Niterói – Norte e a Universidade Federal Fluminense, tem a finalidade de trabalhar em conjunto com o Banco de Leite do Hospital Universitário Antonio Pedro (HUAP), auxiliando no abastecimento do local. Além disso, haverá orientação para as mães quanto às técnicas da amamentação e importância e estímulo ao ato.


Para a secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, a inauguração da sala também é importante para tocar em questões de direitos e conceitos sobre a mulher e o aleitamento.

“Essa é mais uma ação voltada à saúde da mulher e da criança, é a primeira sala de coleta do banco de leite da rede municipal de Saúde. A iniciativa também é fundamental para enfrentar o preconceito que ainda existe sobre questões de amamentação e garantir os direitos da mulher", afirma Maria Célia.

A enfermeira do Banco de Leite do HUAP, Bertilla Riker, destacou a importância da inauguração do espaço.

“Esse momento é muito importante para nós, porque estamos realizando nosso projeto de ampliar os espaços de atenção à mulher, o que possibilita aumentar a conscientização da importância do aleitamento para um maior número de pessoas, além de proporcionar um espaço onde a mulher pode procurar ajuda e orientações”, declara a enfermeira.

Segundo a primeira dama de Niterói, Fernanda Sixel, no município há articulação do poder público com instituições que de maneira positiva consegue dar visibilidade a importantes questões relacionadas à mulher, como essa parceria para inauguração desse espaço.

“Niterói já tem vários grupos de apoio a amamentação, essa nova sala é um espaço singelo, mas com uma enorme importância.  Todo o processo de doação de leite é delicado, é um trabalho sério e compromissado, por isso parabenizo a prefeitura, o Rotary e a UFF por essa iniciativa,

Estiveram presentes o deputado estadual Waldeck Carneiro e a secretária municipal de Assistência Social, Verônica Lima.


Lei Municipal - Niterói possui a lei 3164/2015, aprovada pelo mandato do vereador Leonardo Giordano, que garante à mulher o direito de amamentar em público, independente de área existentes para tal fim. O estabelecimento que proibir ou constranger o ato da amamentação em suas instalações estará sujeito à multa de R$ 418,35. Em caso de reincidência, o valor dobra.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ