logo

logo logo logo Colab

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações Sexec

Licitações SEMUG


Início
Jovens de Niterói poderão discutir investimentos do Município PDF Imprimir E-mail

05/11/2019 - A Prefeitura de Niterói lançou, na noite da última segunda-feira (4), o Orçamento Participativo da Juventude. A partir desta iniciativa, os jovens da cidade, com idades entre 15 e 29 anos, poderão acompanhar o dia-a-dia dos projetos e também a destinação de recursos na ordem de R$ 20 milhões em áreas como educação, empregabilidade, empreendedorismo, esporte, cultura e lazer. Para isso, serão realizadas plenárias em todas as regiões do município.



“Esta é mais uma importante entrega que o governo municipal está fazendo para a juventude. Niterói. Um exemplo de política pública para a juventude. São diversas conquistas traduzidas e realizadas em projetos como Espaço Nova Geração, Jovem Eco Social e o Aprova Jovem”, enfatizou o responsável pela Coordenadoria de Políticas Públicas para a Juventude (CPPJ) da Prefeitura de Niterói, Binho Guimarães.

De acordo com Binho, os jovens terão a oportunidade de deliberar sobre os investimentos da Prefeitura. Ao todo, serão R$ 20 milhões para que os niteroienses de todas as seis regiões da cidade escolham a forma de destinação dos recursos através de processos de consulta presencial e online.

O projeto do Orçamento Participativo da Juventude é uma iniciativa da Coordenadoria da Juventude de Niterói e da Seplag. Durante o lançamento do projeto, o secretário municipal de Planejamento, Modernização da Gestão e Controle, Axel Grael, reforçou o convite para que os jovens participem das plenárias e da consulta pública online.

“Trazer a juventude para perto da administração pública é um exercício de cidadania da gestão municipal. As plenárias acontecerão às 19h, com datas e locais específicos em nossa cidade, no período de 5 a 30 de novembro. Também será feita a consulta online. É muito importante que todos participem”, convocou Axel Grael.

A secretária municipal de Fazenda, Giovanna Victer, lembrou que este projeto é a evolução de processo que começou em 2013, quando a atual gestão assumiu o governo.

“Quando chegamos à Prefeitura, não tínhamos nem orçamento, muito menos podíamos pensar em um orçamento participativo. Mas com uma gestão responsável e com muito planejamento, a partir de 2015 tivemos importantes conquistas. Hoje, podemos afirmar que esta iniciativa é uma entrega para a população e para os jovens”, afirmou.

Para o deputado estadual Paulo Bagueira, que também esteve presente no lançamento do projeto, o Orçamento Participativo da Juventude é um instrumento fundamental para o fortalecimento da democracia participativa.

“Temos um prefeito jovem que administra esta cidade e que tem a compreensão da importância da juventude. A Coordenadoria da Juventude se fortaleceu ao longo desses últimos anos e vem realizando um excelente trabalho. Não podemos deixar que nossos jovens se percam. É preciso que eles tenham oportunidades”, disse Bagueira.

As plenárias acontecerão às 19h, nas seguintes datas e locais: dia 18, na sede da Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos (Andef), no Rio do Ouro; dia 19, auditório da Policlínica do Largo da Batalha, Pendotiba; dia 21, auditório Ariano Suassuna da Escola Francisco Portugal Neves, na Região Oceânica; dia 25, auditório Darcy Ribeiro da Secretaria Municipal de Educação, no Centro; dia 26, no Complexo do Caio Martins, Icaraí; dia 27, no Ciep Anísio Teixeira (Espaço Nova Geração), Fonseca. No período de 5 a 30 de novembro, a consulta também será feita através do link:
consultas.colab.re/juventudeniteroi.

 

Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ