logo

logo

Licitações FeSaúde

SEPLAG – UGP/CAF

Licitações SMEL

Licitações Sexec

Licitações SMEL


Início
Niterói Jovem EcoSocial recebe prêmio pelas iniciativas em prol do meio ambiente PDF Imprimir E-mail

17/11/2020 - O Niterói Jovem EcoSocial conquistou o prêmio Crea-RJ de Meio Ambiente. A premiação, concedida anualmente pela instituição, busca valorizar ações que protejam a utilização dos recursos naturais e o equilíbrio do meio ambiente para gerar qualidade de vida para a população. A solenidade de premiação aconteceu de forma virtual nesta terça-feira (17) e contou com a participação da secretária municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag), Ellen Benedetti.

O programa, desenvolvido pela Prefeitura de Niterói através do Pacto Contra a Violência e realizado em parceria com a Firjan, visa a promover a inclusão social de forma qualificada, desenvolver habilidades sociais e competências profissionais, por meio de capacitação técnica profissionalizante.

Atualmente, cerca de 400 jovens com idades entre 16 e 24 anos, moradores de 11 comunidades de Niterói, atuam em atividades como reflorestamento de áreas da cidade, tendo como contrapartida uma bolsa-auxílio de R$ 1,3 mil e cursos de capacitação profissional em diferentes áreas, que são ministrados em parceria com a Firjan. Desta forma, o Niterói Jovem EcoSocial promove a inclusão social e econômica de jovens em situação de vulnerabilidade social, por meio de educação, profissionalização e práticas em projetos ambientais.

Ellen Benedetti enfatizou que o Niterói Jovem EcoSocial atende a jovens que precisam de formação e inclusão no mercado de trabalho, e a cidade que precisa reflorestar suas encostas, cuidar dos seus recursos naturais e ocupações desordenadas. Com isso, o projeto foi idealizado para que jovens de comunidades de baixa renda pudessem ter a oportunidade de serem profissionalizados e de cuidarem do local onde moram, sendo multiplicadores de ações e conhecimento.

“Para nós, o tema meio ambiente é muito importante e está presente em nossa gestão desde 2013. Várias ações foram pensadas junto à sociedade por meio do plano estratégico Niterói que Queremos, que determina ações até 2033, e desenvolvemos diferentes iniciativas, sendo uma dessas o Jovem EcoSocial. Quero parabenizar o Crea-RJ por este prêmio que, sem dúvida alguma, representa um reconhecimento e um incentivo para projetos inovadores”, disse Ellen Benedetti.

O projeto tem dois eixos principais: qualificação profissional e atividade de campo. Os jovens participam do curso no contraturno escolar e atuam em ações da Prefeitura, em áreas como reflorestamento, manutenção de recursos hídricos, ações preventivas a queimadas, de Defesa Civil e atividades visando à manutenção e à sinalização de trilhas da cidade.

O gerente do projeto, Renato Lutterback, reforçou que este prêmio é o reconhecimento para uma administração pública que olha para o futuro e mostra que o desenvolvimento sustentável das cidades é um importante caminho a ser seguido.

“O trabalho que estamos realizando com Niterói Jovem EcoSocial nos permite mostrar que aliar desenvolvimento sustentável à empregabilidade e redução de vulnerabilidade é um desafio que é possível concretizar. Essa, sem dúvida, é uma grande conquista para todos nós, participantes e gestores”, afirmou.

O presidente do Crea-RJ, engenheiro eletricista e de Segurança do Trabalho, Luiz Antonio Cosenza, ressaltou que em 1998, a instituição já antevia a importância da relação existente entre as questões ambientais e o exercício legal das profissões da área tecnológica. Desta forma, em uma atitude pioneira no Sistema Confea/Crea, foi instituído o Prêmio Crea-RJ de Meio Ambiente.

“Quero muito agradecer o que todos os envolvidos nesta iniciativa e os premiados têm feito pelo meio ambiente. Como a entrega do certificado aos contemplados acabou acontecendo de forma virtual por conta da pandemia, vamos preparar uma cerimônia presencial e espero que possa acontecer já em 2021”, comentou Luiz Antonio Cosenza.

A solenidade virtual de premiação contou também com a participação da subsecretária de Projetos Especiais da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Valéria Braga, e do prefeito eleito Axel Grael, que integraram a equipe de idealização e implantação do Jovem EcoSocial. Os outros contemplados com edição 2020 do prêmio foram o engenheiro florestal, Carlos Alberto Bernardo Mesquita, o engenheiro agrônomo, José Guilherme Marinho Guerra, o Comando Militar do Leste das Forças Armadas Brasileiras e a Cooperativa de Trabalho de Catadores e Catadoras de Duque de Caxias.

Mais uma conquista – Niterói está concorrendo a mais um prêmio. O Aprendiz Musical foi classificado para a segunda etapa do prêmio Profissionais da Música 2020, indicado na categoria "Projetos Musicais Especiais: Educativo”. Esta etapa da votação tem a participação popular e termina nesta sexta-feira (20). Para quem quiser votar, basta fazer o cadastro no site http://www.ppm.art.br/src/pages/cadastro.html.

O programa, que é mantido pela Prefeitura de Niterói, promove educação musical de qualidade para jovens da rede municipal de ensino da cidade, garantindo o acesso à cultura e às artes. Cerca de 2.500 crianças e jovens por ano são beneficiados com o projeto. Ao longo de sua trajetória, estima-se que mais de 40 mil alunos já tenham sido contemplados por esta iniciativa. O Aprendiz Musical proporcionou muitas histórias pessoais de sucesso, com alunos tendo suas vidas e de suas famílias transformadas pela música.

Hoje, o Aprendiz Musical é uma realidade e de um dos mais importantes programas socioculturais de musicalização infanto-juvenil ativos no país, sendo mantido pela Prefeitura de Niterói sob supervisão direta da Secretaria Municipal das Culturas/ Fundação de Artes de Niterói, em parceria com a Fundação Municipal de Educação (FME). Desde 2011, sua gestão é feita pelo IMMuB.

 


Prefeitura Municipal de Niterói
Rua Visconde de Sepetiba, 987 - Centro - Niterói - RJ