Vigilância Sanitária fiscaliza e orienta sobre os cuidados para a escolha do pescado Imprimir

pescado

16/04/2019 – Com a proximidade da Semana Santa, a Vigilância Sanitária de Niterói intensificou a fiscalização do comércio de peixes e outros frutos do mar na cidade. Nesta terça-feira (16), o órgão visitou o tradicional mercado de peixe São Pedro, na Ponta d'Areia. O objetivo foi verificar as condições higiênico-sanitárias dos boxes e orientar sobre as exigências para a venda de pescados.

 

Na ação, os fiscais percorreram os boxes do estabelecimento e verificaram que, no geral, o local apresentou boas condições sanitárias, porém com pequenos detalhes a serem solucionados, como falta de uniforme em alguns funcionários e filés de peixe em contato direto com gelo, o que resultou em três autos de infração.

A chefe da divisão de Vigilância Sanitária, Sylvia Malheiros, orientou os funcionários quanto a melhor maneira de manipulação dos alimentos, além de dar dicas para o consumidor estar atento na hora da compra.

"Devem ser levadas em conta algumas recomendações que indicam se o peixe é fresco: os olhos devem estar brilhantes; as guelras devem apresentar a cor vermelha; as escamas e a pele devem estar firmes quando pressionadas", aconselha Sylvia.

Ainda de acordo com a fiscal, as ações visam assegurar a qualidade dos alimentos em mercados públicos e supermercados da cidade

"Nós realizações um trabalho de rotina no município com o intuito de promover a orientação, fiscalização e, quando necessário, a punição dos estabelecimentos comerciais e prestadores de serviço. Nosso trabalho age na promoção do bem-estar e na qualidade de vida da população", explica Sylvia.

Tatyanna Vieira Ferro, de 43 anos, disse que se preocupa muito com a qualidade dos produtos e citou o trabalho da vigilância.

“Venho muito cedo e com antecedência para ter tempo de escolher com calma os melhores produtos. Gostei de ver a equipe da prefeitura atuando, pois nos dá uma garantia a mais de que as exigências estão sendo cumpridas”, elogiou a empresária.

As ações seguem até a sexta-feira (19) nos estabelecimentos que vendem pescado na cidade.