Prefeitura de Niterói inicia transição na gestão da folha de pagamento de servidores

Vencedor do pregão para contratação de instituição financeira, banco Itaú está disponibilizando opções para abertura de contas e transição do pagamento dos salários

Os servidores ativos e inativos da Prefeitura de Niterói devem realizar, nas próximas semanas, a transição para receber os seus salários pelo banco Itaú. A empresa venceu, em agosto, o pregão para gestão da folha de pagamento da administração municipal. Os funcionários da Prefeitura receberão as orientações sobre o cronograma de transição e a elegibilidade aos benefícios concedidos pelo banco.

Os servidores que não são clientes do Itaú devem abrir uma nova conta na qual passarão a receber o salário. É possível abrir a conta pela internet ou nas agências físicas. A recomendação é  que a abertura seja feita o mais rápido possível. Pela internet, a abertura de uma nova conta é feita por meio do endereço www.itau.com.br/abrir-conta. A Prefeitura vai criar pontos de apoio para que os servidores possam fazer o cadastramento das contas.

Os servidores que já são clientes do banco não precisam abrir uma nova conta. Basta realizar o aceite da transferência do seu salário para a sua conta atual, o que pode ser feito pelo site do Itaú, app ou caixa eletrônico.

De acordo com o Itaú, entre os benefícios que serão oferecidos aos servidores, estão isenções de tarifas dos pacotes de serviços, anuidade grátis no cartão de crédito, taxas diferenciadas, acesso à plataforma de compras iupp, descontos no seguro Auto e acesso à Tag Itaú, solução de pagamento automático de pedágios e estacionamentos sem mensalidade, exclusiva para os clientes do banco (em parceria com a ConectCar).

Pregão – A Prefeitura realizou, em agosto, pregão para contratação de instituição financeira para gerir o pagamento dos servidores ativos e inativos, pensionistas. O banco Itaú foi o vencedor da disputa e pôde assumir o serviço nos próximos cinco anos pelo valor de R$ 80,4 milhões. O lance mínimo estabelecido era de R$ 61 milhões, um ágio de aproximadamente 25%. A Secretaria de Administração de Niterói ressalta que o lance mínimo foi calculado de acordo com a inflação média do país, número de servidores, cotação do mercado de folhas licitadas em outros municípios e análise da receita municipal.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo