Prefeitura de Niterói lança cartilha de acolhimento a migrantes e refugiados para servidores municipais

A Prefeitura de Niterói, através da Secretaria de Direitos Humanos, lançou uma cartilha de acolhimento para servidores municipais sobre migrantes e refugiados nesta terça-feira (6), no auditório do Caminho Niemeyer. O lançamento faz parte da Semana dos Direitos Humanos que se estende até o dia 16, com programação em diversos pontos da cidade. A nova cartilha, disponível em versão impressa e digital, contém informações importantes para que os servidores públicos possam oferecer um atendimento humanizado aos cerca de nove mil migrantes e refugiados residentes na cidade.

A cartilha é a segunda lançada pela secretaria. Em junho, um documento de orientações para migrantes e refugiados foi entregue e está disponível, de forma digital, no site da prefeitura.

Segundo o secretário de Direitos Humanos, Rafael Adonis, o documento é mais um avanço para oferecer dignidade aos nossos migrantes e refugiados residentes na cidade.

“Essa cartilha informativa é mais um passo que Niterói faz na busca de maior inclusão e promoção de direitos para os migrantes e refugiados. O objetivo é proporcionar, aos nossos servidores, a possibilidade de se capacitar e promover o melhor acesso aos nossos serviços”, destacou.

Durante o lançamento da cartilha, houve também uma capacitação para servidores com o intuito de oferecer esclarecimentos sobre o conteúdo. Para Andressa Bacha, estagiária da Defesa Civil, a iniciativa irá prestar o acolhimento necessário a quem procura a cidade vindo de outro país.

“Achei muito interessante porque é um tema muito importante. Não sabia que tinha toda essa quantidade de migrantes e refugiados na cidade. Esse é mais um movimento de acolhimento por parte da secretaria e da prefeitura que vai auxiliar muito o nosso dia a dia de trabalho”, comentou.

Entre os conteúdos apresentados na cartilha estão explicações a respeito de quais são os diferentes tipos de migração e refúgio reconhecidos no Brasil, a importância da escuta e sensibilidade da comunidade, quais são os documentos reconhecidos em todo território nacional e as legislações vigentes sobre migração e refúgio.

O lançamento da cartilha para servidores foi apenas uma das iniciativas que fazem parte da programação da Semana dos Direitos Humanos, que vai até o dia 16, com atividades em três diferentes pontos da cidade.

Programação: Nesta quarta-feira (7), será realizada a roda de conversa “Direitos Humanos e a Cultura da Paz”, no Caminho Niemeyer, no Centro, organizada em parceria com o Pacto Niterói Contra a Violência.

Na segunda-feira (12), está marcada a Mostra Audiovisual Direitos Humanos e Produção Artística, às 10h, no auditório 3 do Centro Universitário La Salle do Rio de Janeiro, em Santa Rosa. Já na sexta-feira (16), às 9h, acontece o encerramento com a assembleia “Direitos Humanos em Niterói: possibilidades e perspectivas”, com a presença de movimentos sociais, no auditório do Museu de Arte Contemporânea (MAC), Boa Viagem.


Foto: Bruno Eduardo Alves

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo