Prefeitura de Niterói vai expandir o Programa Aprendiz Musical para quase 50 escolas da rede

A Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria Municipal de Ações Estratégicas e Economia Criativa, vai expandir o Programa Aprendiz Musical que passará a abranger 49 escolas da rede municipal e beneficiar mais de 7.500 alunos. Nesta segunda-feira (27), os diretores das escolas estiveram reunidos com a equipe do programa para uma apresentação de expansão que tem previsão para iniciar ainda no primeiro semestre de 2023.

O secretário de Ações Estratégicas, André Diniz, explica que o programa existe há 22 anos e é uma oportunidade de transformar crianças e jovens com a linguagem da música.

“Fizemos uma apresentação geral do que vai ser o novo Aprendiz em que vamos chegar a mais de 7,5 mil alunos em praticamente todas as escolas. Por orientação do prefeito Axel Grael, viemos mostrar toda a excelente infraestrutura que o programa terá. A cidade tem muito a ganhar com isso. Será o maior Aprendiz de todos os tempos, nesses 22 anos. É uma bela oportunidade para que as crianças e jovens possam ou seguir o caminho da música e fazer parte de um programa que tem tanto êxito no desenvolvimento socioeducacional do aluno”, conta o secretário.

André destaca, ainda, que, no futuro, “o programa terá três sedes: uma na Região Oceânica, outra na Zona Norte e outra no Centro da cidade, com bolsas para os alunos se aperfeiçoarem, com cursos de empreendedorismo e cursos para capacitá-los a participarem de concursos de música e os da orquestra se preparando para o vestibular”.

O Aprendiz promove a educação musical para crianças e jovens do município com até 24 anos e tem como missão a formação integral e cidadã por meio da música, garantindo o acesso à cultura e às artes em sua formação, produção e difusão.

A história do coordenador João Victor Reis se mistura com a do programa. Ele ingressou, no Aprendiz, aos 11 anos de idade quando ainda era aluno da Escola Municipal José de Anchieta, no Caramujo.

“Estudei violino e depois viola, até que eu me ausentei uns meses para fazer faculdade. Assim que comecei a faculdade, retornei. Fui assistente de produção e depois professor. Atuei como professor por 11 anos, até o ano passado, de 2011 a 2022, quando eu comecei na coordenação do programa”, conta.

João detalha a ampliação do projeto e como isso vai impactar na vida das crianças da cidade.

“Estamos ampliando para 49 escolas da rede. Nosso objetivo é que todas as escolas tenham pelo menos uma atividade do programa acontecendo: seja iniciação musical, seja canto coral, sejam instrumentos. Atualmente, o objetivo é alcançar 7.500 alunos. Não tem requisito, é só querer, ser frequente e responsável. A iniciação musical acontece dentro da sala de aula, no período letivo normal, no ensino regular, e faz parte da grade curricular. Já as aulas de canto coral e instrumentos acontecem na complementação de turno, às quartas-feiras”, reforça o coordenador.

A previsão é que a expansão aconteça ainda no primeiro semestre deste ano. Atualmente, 2,1 mil crianças, moradoras de Niterói, têm aulas gratuitas de iniciação musical, prática de instrumentos de cordas, sopros e percussão e canto e coral. Cerca de 1,9 mil estão na iniciação musical e 200 nos módulos avançados do programa. A expectativa é chegar a 600 estudantes nos módulos avançados, que acontecem fora da grade curricular regular. O objetivo é o desenvolvimento da criança de uma forma completa que passa pela parte motora, psíquica, sensorial, criativo, afetivo, racional e social, por meio de atividades lúdicas que envolvem o cantar, tocar, dançar e escutar.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo