Prefeitura de Niterói promove o primeiro Café, Mulheres e Networking de 2023

A Prefeitura de Niterói realiza, nesta quarta-feira (29), a partir das 9h, a primeira edição de 2023 do evento Café, Mulheres e Networking. O evento, que acontecerá no Auditório da Associação Comercial e Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Acierj), no Espaço Empreender Mulher, é iniciativa da Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres (Codim) e tem o objetivo de aproximar e facilitar o contato das empreendedoras com as oportunidades do mercado, seja para adquirir conhecimento e melhores práticas de gestão, acesso ao microcrédito ou networking estratégico. O evento é gratuito e aberto ao público feminino.

Haverá a participação da gerente de Negócios e gerente de Expansão do Sicoob Credicaf – Sistema de Cooperativas Financeiras do Brasil -, Ana Amélia Tuller. Ela falará sobre a importância do planejamento financeiro para escalar negócios localmente. As representantes da Pink Service também foram convidadas. A empresa de terceirização é parceira da Codim e oferece oportunidades de recolocação profissional para mulheres assistidas pelos programas e benefícios da Coordenadoria.

Essa é a primeira vez que o Café, Mulheres & Networking acontece no recém-inaugurado Espaço Empreender Mulher, o primeiro coworking público feminino da América Latina. O espaço é uma iniciativa da Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres de Niterói. Em um ambiente totalmente dedicado ao estímulo e desenvolvimento de novas ideias e negócios, liderança e networking, as empresárias e aspirantes a ter seu próprio negócio têm a possibilidade de se reunir e receber orientação profissional, além de contarem com estações de trabalho com seis computadores e área kids, sala de reuniões para até 12 pessoas, área colaborativa de vendas com os negócios que mais se destacarem nos programas de capacitação da Codim.

Para a coordenadora da Codim, Fernanda Sixel, o evento fortalece a rede de proteção às mulheres na medida em que ajuda a promover a autonomia financeira, o que possibilita que elas possam romper o ciclo de abuso do agressor.

“Promover e incentivar a troca de experiências e o networking entre mulheres é fundamental para fortalecer a coletividade e o empoderamento feminino como um todo. Convidamos diferentes grupos de empreendedoras da cidade para que juntas, mulheres de diferentes áreas e iniciativas possam se conhecer, estabelecer parcerias e avançar em busca da sua emancipação financeira e autonomia”, destaca Fernanda Sixel.

Foto: Divulgação

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo