Prefeito Axel Grael visita sede provisória do Niterói de Bicicleta

O prefeito de Niterói, Axel Grael, visitou, nesta quinta-feira (13), a sede provisória da Coordenadoria Niterói de Bicicleta, no prédio da Estação Cantareira. A coordenadoria vai ocupar estas instalações provisórias até que a restauração do Castelinho do Gragoatá, que será a sede definitiva do Niterói de Bicicleta, seja concluída.

                       O prefeito lembrou que o Niterói de Bicicleta está completando 10 anos em 2023 e que a coordenadoria tem um legado na cidade.

                       “Hoje, a cidade tem a presença consolidada da bicicleta. Havia muito ceticismo quando a gente falava de fazer de Niterói uma cidade para a bicicleta. Hoje isso é uma realidade. O Niterói de Bicicleta vai ter em breve uma sede própria em uma praça dedicada à bicicleta, que vai ser uma referência de sustentabilidade para a cidade e para todos os ciclistas. A cidade está cada vez mais abraçando a causa da sustentabilidade. Hoje a coordenadoria está consolidada e avançando. A bicicleta é uma vocação de Niterói”, destacou Axel Grael.

                      O responsável pela Coordenadoria Niterói de Bicicleta, Filipe Simões, ressaltou que os últimos dez anos mudaram de forma irreversível o cenário da mobilidade urbana em Niterói.

                       “Temos um número muito superior de ciclistas ao que tínhamos antes do início do trabalho do Niterói de Bicicleta. Hoje a Marquês do Paraná é a ciclovia mais movimentada do Brasil, à exceção da Avenida Faria Lima, que fica no coração da maior metrópole do país. São mais de 850 pessoas passando ali de bicicleta por hora no pico. Isso se repete em diversas ciclovias da cidade. A bicicleta representa uma cidade mais limpa, mais sustentável e com menos poluição sonora”, afirmou Filipe Simões.

                       Niterói tem hoje uma malha cicloviária de quase 80 quilômetros. A meta da Prefeitura é chegar a 120 quilômetros até o fim de 2024.

                     

Fotos: Luciana Carneiro

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo