Escolas Municipais de Niterói promovem Dia da Gentileza

Escolas da Rede Municipal de Educação de Niterói promoveram, nesta quinta-feira (20), atividades que trabalham a empatia e estimulam uma cultura de paz, diálogo e respeito. Através de projetos com foco na gentileza, as unidades expuseram trabalhos produzidos com as crianças neste primeiro trimestre e realizaram atividades lúdicas.

O secretário de Educação e presidente da Fundação Municipal de Educação, Bira Marques, ressalta que a afetividade é trabalhada dentro do projeto pedagógico, reforçando a escola como um lugar acolhedor e seguro.

“Além de um lugar de estudos, a escola cumpre um papel social muito importante. Rotineiramente, nossas unidades trabalham a afetividade e a cultura da paz para formar cidadãos conscientes e que contribuam para que tenhamos uma cidade melhor. Em tempos em que se disseminam tantos conteúdos de ódio, ações como essa ganham ainda mais força na nossa rede”, disse o secretário.

Na UMEI Jorge Najjar, na Ititioca, as crianças apresentaram músicas com a temática do respeito, vídeos com participação dos pais, jogos e até uma peça teatral, como parte do projeto “Gentileza Gera Gentileza”. Na encenação, foi apresentado um ônibus, e a cada vez que chegava alguma pessoa prioritária, com deficiência visual, pessoa idosa e uma gestante, eles ensinavam que precisavam ceder o lugar.

A professora Silvana Gomes, que desenvolveu o teatro com a sua turma, disse que o objetivo era demonstrar que devemos respeitar a todos, mas, principalmente, pessoas que precisam de algum apoio.

“Temos que ensinar os valores para as crianças desde cedo, para eles levarem para a vida e mostrar para os pais as coisas que eles têm aprendido na escola”, completou a professora.

A diretora adjunta da unidade, Bianca Abreu, reforçou que o projeto foi desenvolvido para estimular os sentimentos, as emoções, o cuidado e respeito com o outro e com a natureza. O Projeto “Gentileza gera Gentileza” faz parte de um grande projeto anual chamado “Mundo da imaginação: toda criança produz sua própria criação”.

As apresentações foram feitas pelos próprios alunos, com muita animação e participação na hora das músicas e trabalhos dos colegas. A professora Eliane Vieira completou dizendo que: “buscar o lúdico para ensinar, faz toda a diferença na educação da criança”.

No E.M. Jacinta Medela, no Fonseca, o projeto “Gentileza” foi proposto pela direção da unidade e abraçado pelos professores, que desenvolveram trabalhos em cartolina e decorações para a escola com o tema da paz. A professora Aline Brito, do 4° ano, trabalhou o filme “Extraordinário” com os alunos, que fizeram debates sobre boa convivência, bullying e respeito ao próximo.

“Nós temos a lata das emoções aqui na sala e usamos para trabalhar o autoconhecimento e o autocontrole deles, além de conversas sobre assuntos importantes durante o dia a dia deles”, explicou Aline.

No final do dia de aula, todos os alunos se reuniram na quadra e apresentaram para os colegas os trabalhos desenvolvidos e cantaram a música “A Paz”, do Roupa Nova. A diretora, Myrna Campos, ressalta que projetos assim são muito importantes para as crianças, especialmente na localidade da escola, que fica dentro de uma comunidade.

“Aqui na escola eles têm um refúgio. Aqui eles se sentem seguros de estar na escola, e temos que celebrar isso, a paz que eles sentem aqui dentro”, finalizou.

Fotos: Divulgação / Cheila Pacetti

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo