Prefeitura de Niterói retoma obras do Poço Largo, no Sapê

A Prefeitura de Niterói retoma as obras para conclusão do empreendimento de habitação social Poço Largo, no Sapê. A previsão é que 280 novas unidades sejam entregues no primeiro semestre de 2024. Nesta terça-feira (25), uma comitiva do governo municipal, acompanhados de representantes do Legislativo e da Caixa Econômica Federal, foi vistoriar as unidades habitacionais. O aporte faz parte do Plano Niterói 450 que vai investir R$ 2 bilhões na cidade até 2024 com o objetivo de ampliar e qualificar os serviços prestados à população nas áreas de Saúde, Educação, Centro, Zona Norte, Sustentabilidade e Clima e Resiliência.

O ex-prefeito de Niterói e atual secretário Executivo, Rodrigo Neves, representou o prefeito Axel Grael, que está em viagem de trabalho.

“Essas obras ficaram praticamente dois anos e meio interrompidas com a paralisação dos programas de zero a três salários mínimos do programa Minha Casa Minha Vida. Esse empreendimento vai beneficiar quase mil niteroienses que foram reassentados de áreas de risco. Nos últimos oito anos entregamos moradia para mais de quinze mil pessoas. A gente sempre fala que é preciso combater a ocupação irregular em áreas de encostas e de preservação ambiental. Mas, para isso, a gente precisa de políticas habitacionais, sobretudo para as pessoas de baixa renda, e é isso que a Prefeitura de Niterói tem feito e vai retomar agora com o Governo Federal, com o Minha Casa Minha Vida”, destacou Rodrigo Neves.

O projeto “Unidades Habitacionais” (UH) do empreendimento do Plano Niterói 450 vai concluir os empreendimentos de interesse social do Poço Largo, no Sapê, com 280 unidades, e Jardim das Paineiras, no Badu, com 540 unidades. Os dois empreendimentos fazem parte do Programa Minha Casa Minha Vida, de responsabilidade do Governo Federal, sob a fiscalização da Caixa Econômica Federal, que estão com as obras paralisadas.

O secretário municipal de Habitação e Regularização Fundiária (SMHRF), Roberto Fernandes Jales, o Beto da Pipa, falou da importância do aporte para finalizar as obras.

“Reconhecemos a importância da habitação de interesse social. Esse aporte é essencial para que a gente atenda aos anseios da população”, afirmou o secretário.

A parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF) é fundamental para finalizar o empreendimento, que é do Governo Federal. Durante a visita, a Superintendente Regional da CEF, Marcele Sardinha, destacou que a equipe está pronta para viabilizar a conclusão do condomínio no Sapê.

“Nós agradecemos por toda a parceria da Prefeitura de Niterói e a população pode contar a equipe da Caixa para a retomada dos programas habitacionais. Estamos prontos para, com essa parceria, viabilizar a habitação popular digna na cidade.

Participaram da visita ao empreendimento, o prefeito em exercício, Milton Cal, o presidente da Comissão de Habitação da Câmara, o vereador Anderson Pipico, e o vereador José Adriano Valle da Costa (Folha), além de representantes da Caixa Econômica Federal.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo