Parque Orla Piratininga é finalista de prêmio de infraestrutura verde na Europa

O Parque Orla Piratininga Alfredo Sirkis (POP), desenvolvido pela Prefeitura de Niterói, ficou entre os finalistas do World Green Infrastructure Awards 2023, premiação que aconteceu nesta quarta-feira (28), em Berlim, na Alemanha. A premiação foi precedida por um congresso internacional com as melhores práticas de sustentabilidade no mundo, com participação de representantes de 39 países.

O World Green Infrastructure Congress 2023 é o maior congresso da Europa sobre o uso de vegetação para melhorar o conforto ambiental dentro de moradias, melhorar qualidade da água e do ar nas cidades. A última edição aconteceu em 2017. O evento é organizado pela Bundesverband GebäudeGrün e.V. (BuGG) com o apoio de parceiros internacionais e nacionais, como a World Green Infrastructure Network (WGIN) e a European Federation of Green Roof & Wall Associations (EFB).

“O Parque Orla Piratininga é um sonho realizado. Estar entre os finalistas, entre os principais projetos do mundo, é sinal de que Niterói está investindo no que há de mais moderno e sustentável no planeta”, afirmou o prefeito de Niterói, Axel Grael. “O projeto, que utiliza Soluções Baseadas na Natureza para recuperar a lagoa, também entregará a Niterói uma belíssima área de lazer e um centro cultural, sem falar das ações sociais e de saneamento nas comunidades do entorno. Este parque será mais um impulso no ciclo de desenvolvimento sustentável da cidade, um avanço na questão do saneamento, drenagem e urbanização que já transformam bairros, geram oportunidades e alavancam a qualidade de vida da população”.

Dionê Marinho Castro, coordenadora do PRO Sustentável, programa responsável pela implantação do POP, representou o prefeito Axel Grael na premiação, em Berlim.

“O POP foi finalista entre os melhores projetos de infraestrutura verde urbana do mundo”, disse. “Para nós é importante porque a Europa primeiro, e também países da Ásia e Oceania, já têm experiência longa nesse tipo de procedimento de proteção e recuperação dos sistemas ambientais e melhoria do conforto ambiental urbano. Vimos aqui que estamos começando a fazer em Niterói o que já é tendência mundial, a utilização de tecnologias verdes para transformar as cidades em espaços mais humanizados. São verdadeiras obras de arte vivas construídas no mundo à semelhança do nosso Parque Orla Piratininga. Só o fato de Niterói estar junto com todas essas nações mostra que nossa cidade está alinhada com as melhores práticas do mundo”.

As inscrições para o WGIN Award foram enviadas por ou em nome dos membros da Associação Nacional da WGIN. Cada membro da Associação Nacional pode indicar no máximo dois trabalhos para cada categoria de prêmio. No Brasil ainda não há Associação formalizada. O Instituto Cidade Jardim, da qual a planejadora urbana Cecília Herzog faz parte faz parte, submeteu o POP para a categoria “infraestrutura urbana verde”.

Sobre o POP

Maior projeto em desenvolvimento no Brasil a utilizar técnicas de Soluções baseadas na Natureza (SbN), o Parque Orla Piratininga Alfredo Sirkis (POP) já mostra resultados mesmo antes mesmo de estar totalmente pronto e acumula prêmios internacionais. Com investimentos de R$ 100 milhões da Prefeitura de Niterói, as obras POP estão entrando na fase final. O primeiro sistema de jardins filtrantes já foi concluído e entrou em operação em setembro de 2022. Os outros dois sistemas estarão em funcionamento nos próximos meses.

Dionê Marinho Castro conta que ele foi planejado para recuperar a qualidade das águas que escoam na Lagoa de Piratininga para evitar poluentes e aporte de sedimentos, mas lembra que o parque vai muito além da questão ambiental.

“Há um aspecto social muito importante no POP, que é a questão do pertencimento da população ao local, ao sistema lagunar. O parque tem equipamentos de lazer, recreação, contemplação, cultura e educação ambiental. Serão píeres de contemplação, 9 km de ciclovia, 17 praças, 2 mirantes e um centro eco cultural voltado para educação ambiental. E todas essas ações são baseadas na natureza e se juntam a outras iniciativas realizadas do governo municipal, como o Ligado na Rede e as campanhas de conscientização para a ligação correta na rede de esgoto”, explica Dionê.

O POP já recebeu diversos prêmios. Neste mês, foi escolhido pelo “Prêmio Cidades Sustentáveis: acelerando a implementação da Agenda 2030”, como o melhor projeto ambiental do País Em maio desse ano, ficou em primeiro lugar no Latam Smart City Awards, maior premiação da América Latina dedicada à sustentabilidade ambiental, na categoria “Desenvolvimento Urbano Sustentável e Mobilidade”.

No ano passado, o PRO Sustentável foi classificado como um dos três melhores programas de sustentabilidade ambiental na América Latina e Caribe pelo Latam Smart City Awards e, em 2021, foi o projeto foi destaque no Fórum Latino-Americano de BiodiverCidades.

World Green Infrastructure Network

A WGIN representa 22 associações nacionais e realizou 10 congressos mundiais de infraestrutura verde. Ele já estabeleceu comitês de pesquisa de trabalho e tem uma diretoria que representa 11 nações. O objetivo da rede é a transição da “infraestrutura cinza para verde e azul” para a construção e o design.

Em 2019, a WGIN montou um grupo para conscientizar os formuladores de políticas da União Europeia sobre os múltiplos benefícios da infraestrutura verde. Entre os objetivos estão compartilhar informações sobre a ciência, a prática, a economia e os benefícios ambientais e sociais da infraestrutura de telhados verdes; fornecer dados de apoio para o planejamento de cidades verdes e promover e se envolver em pesquisa e desenvolvimento de infraestrutura verde com associações e empresas com ideias semelhantes.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo