Itacoatiara Big Wave 2023 tem primeira chamada prevista para este sábado (15)   

As condições climáticas vão provocar uma potente ondulação para as praias do estado do Rio de Janeiro neste final de semana, com a previsão de ondas de cerca de quatro metros. Na Praia de Itacoatiara, em Niterói, vai começar o Itacoatiara Big Wave 2023 (IBW). A primeira chamada para o evento de surfe em ondas grandes está prevista para sábado (15). A janela de competição começa nesta sexta-feira (14) e permanece aberta até 31 de agosto.

“Itacoatiara possui as condições mais desafiadoras do país para a prática de tow in, em razão da potência e do tamanho das ondas, além de uma condição muito difícil de navegação na arrebentação”, explicou Alexey Wanick, diretor executivo do IBW.

Para a edição de 2023 do IBW, é esperada a participação de surfistas de elite como Lucas Chumbo, Pedro Calado, Ian Cosenza, Michelle de Bouillions, Michaela Fregonese, Alemão de Maresias, Valentim Neves, Kalani Latanzi e Gabriel Sampaio. Atletas do Chile e do Peru também vão enfrentar os desafios do mar de Itacoatiara.

“O Itacoatiara Big Wave é um evento cuja proporção cresce a cada ano, dando cada vez mais visibilidade a Niterói como cidade polo de competições esportivas. Não existe no Brasil um mar mais desafiador que o da Praia de Itacoatiara, na Região Oceânica, para a prática do surfe de ondas gigantes”, afirmou o secretário de Esportes e Lazer de Niterói, Rubens Goulart.

Nos últimos anos, o IBW se consolidou como a principal competição de surfe de ondas grandes do Brasil. Este ano, com a modalidade tow in, o projeto dá o primeiro passo em direção à internacionalização. O objetivo é ampliar o intercâmbio com competições de surfe de ondas grandes e tow in de locais como Pico Alto (Peru), Punta de Lobos (Chile) e Nazaré (Portugal).

Durante a janela de competição, serão feitas até duas chamadas (calls) para as sessões de tow in na Praia de Itacoatiara. As sessões serão realizadas quando as previsões indicarem potentes ondulações e ventos favoráveis. A organização do evento acompanhará as previsões.  

Durante as sessões, os atletas terão as ondas registradas por cinegrafistas. As ondas serão julgadas por uma comissão de arbitragem profissional com base nos critérios internacionais adotados para o surfe de ondas grandes. A competição distribuirá R$ 85 mil em prêmio a ser repartido entre surfistas, pilotos e cinegrafistas que registrarem as ondas vencedoras.

O presidente da Niterói Empresa de Turismo e Lazer (Neltur), André Bento, lembra que a Praia de Itacoatiara é considerada uma das 10 melhores do país, segundo o ranking do site de viagens Trip Advisor. “O Itacoatiara Big Wave se consolidou no calendário anual de eventos da cidade. Essas características possibilitaram a construção de uma parceria com a cidade de Nazaré, em Portugal, a praia com as maiores ondas do mundo. Nessa edição, vamos iniciar as ações de promoção turística de ambas as cidades”, destacou André Bento.

O IBW 2023 é organizado pela Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, com apoio da NOB, Jappa da Quitanda, Brodão Brasil e da Secretaria Municipal do Clima.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo