“A teia das águas: espetáculo literário” terá mais três apresentações em agosto no Teatro Popular

“A teia das águas: espetáculo literário” terá mais três apresentações gratuitas em agosto no Teatro Popular, dias 15, 17 e 29, às 14h. A peça é inspirada no livro homônimo de Roseana Murray e Bia Hetzel e voltada para o público prioritariamente formado por estudantes da rede municipal pública de Niterói e participantes de projetos sociais. Os convites podem ser reservados por telefone (21-98514-6529) ou email (educativo.tpon@gmail.com).

Ao final de cada espetáculo, todos os espectadores ganharão um exemplar do livro A teia das águas, produzido pelo Projeto Coral Vivo no âmbito da Rede de Conservação Águas da Guanabara (REDAGUA), com o Patrocínio do Programa Petrobras Socioambiental e edição do Instituto Coral Vivo.

O espetáculo da Companhia Brasileira de Mysterios e Novidades une poesia, teatro e música para contar a história de um marinheiro que já não consegue navegar com sua pequena embarcação. Ele encontra nas poesias e histórias narradas por uma sereia a brisa criativa que lhe faltava para redescobrir os mistérios das águas, reparar nos presentes que a natureza oferece e voltar a se sentir parte integrante da grande teia da vida.

Ao final de cada espetáculo, todos os espectadores ganharão um exemplar do livro A teia das águas, produzido pelo Projeto Coral Vivo no âmbito da Rede de Conservação Águas da Guanabara (REDAGUA), com o Patrocínio do Programa Petrobras Socioambiental e edição do Instituto Coral Vivo.

Companhia de Mysterios e novidades – Companhia de Teatro, com criações autorais para espaços públicos e privados num cruzamento entre os ritos e os mitos, o sagrado e o profano, a tradição e a contemporaneidade. Com 40 anos de (r)existência, desde 2007 tem sede na região portuária do Rio de Janeiro, onde seus integrantes criam os cortejos e óperas populares, apresentam espetáculos e oficinas, além dos projetos coletivos com parceiros da região, do Brasil e do mundo. O trabalho se dá a partir da conexão com a memória e ancestralidade das nossas raízes afro-ameríndias, ciganas, portuguesas e mouras, em processos criativos cruzados e experimentados com mestres populares e eruditos, reconhecendo a diversidade como potência de criação. Vencedora do 33º Prêmio Shell na Categoria “Energia que vem da gente” em 2023.

Teatro Azul – O programa educativo Teatro Azul, coordenado por Julia Cardenas e Felipe Redó, é uma resposta ao desafio de sensibilizar e engajar a sociedade na Década das Nações Unidas da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, declarada pela ONU de 2021 a 2030, para promover as ações necessárias com o intuito de atingir as metas da Agenda 2030 e da sustentabilidade do oceano. Este programa educativo buscará, por meio de ações artísticas e educacionais, apresentar as bases da cultura oceânica e do desenvolvimento sustentável aos seus espectadores.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo