Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda Municipal de Niterói resgata duas fragatas feridas com linha chilena  em Jurujuba  

Duas fragatas feridas por linha chilena foram resgatadas na tarde desta quinta-feira (10) por agentes da Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda Municipal de Niterói. Os animais foram encontrados no bairro de Jururuba após moradores acionarem o número 153, que atende no Centro Integrado de Segurança Pública. Depois de uma avaliação preliminar, as aves serão encaminhadas para E-Conservation, que tem sede em Itaipuaçu, e cuida de aves marinhas, para que elas possam ser reintegradas ao habitat natural. O uso de linha chilena é crime.

“Os pescadores nos informaram que viram algumas pessoas soltando pipa no local e, logo depois, as duas aves apareceram feridas. Estamos levando os animais de imediato para que possam se recuperar. Uma delas está com um machucado maior, mas as duas ficaram debilitadas”, explicou Renato Macedo, coordenador da Guarda Ambiental.

A Guarda Municipal sempre recomenda que, quando algum cidadão encontrar um animal silvestre ou doméstico, fora do seu habitat natural ou com algum ferimento, o mesmo deve acionar a Cisp pelo número 153, e esperar a Guarda Municipal de Niterói efetuar o resgate. Os animais têm sua condição física avaliada pela equipe, e se não apresentarem nenhum tipo de ferimento, são diretamente reintegrados à unidade de conservação mais próxima.De julho só ano passado a julho deste ano mais de 1.800 animais foram resgatados ou capturados pela guarda .

Os que precisam de atendimento são encaminhados para instituições parceiras, como o Centro de Atendimento de Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras), Centro de Animais Marinhos; Centro de Triagens de Animais Silvestres (Cetas), em Seropédica.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo