Taxa de novos processos abertos em meio digital na Prefeitura de Niterói chega a 58%

O Processo Eletrônico avança na Prefeitura de Niterói. Desde junho o número de processos abertos em meio digital no município supera o número de processos recebidos fisicamente. A taxa em junho atingiu 57% e subiu para 58% no mês de julho. Esse resultado demonstra a celeridade da implantação do Processo Eletrônico na administração municipal. A meta é que, até o final de 2023, todos os novos processos comecem a tramitar em meio digital, superando o cronograma definido no Plano Plurianual (2022-2025) da Prefeitura, que era 100% dos processos administrativos tramitados eletronicamente até o final de 2024.

“É inspirador observar o progresso da transformação digital em Niterói. Estamos presenciando uma crescente no número de abertura dos processos digitais, o que não apenas economiza recursos públicos com folhas de papel, mas também agiliza a tramitação desses processos, que são executados de maneira ainda mais ágil e transparente, envolvendo diversos órgãos e aprimorando o atendimento aos cidadãos. Esse é um marco significativo na modernização da administração pública de Niterói. Nosso objetivo é criar uma prefeitura mais digital, sustentável e ágil, beneficiando tanto os servidores quanto os cidadãos”, afirma Ellen Benedetti, secretária de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag) de Niterói.

Com implementação iniciada em novembro de 2021, o Processo Eletrônico faz parte da estratégia de transformação digital da Prefeitura de Niterói, conduzida pela Seplag. A estimativa é que, desde que foi lançado, o Processo Eletrônico já evitou o uso de 12 toneladas de papel. Quando estiver totalmente implementado, vai proporcionar, por ano, uma economia de R$ 1 milhão e de 25 toneladas de papel. O Processo Eletrônico reduz em até 10 vezes o tempo médio de análise e resolução de processos.

Estratégia de Governo Digital (EGD) – O Processo Eletrônico integra a Estratégia de Governo Digital (EGD) da Prefeitura. A EGD tem o objetivo de democratizar a tecnologia em Niterói. O decreto da Estratégia estabelece objetivos intersetoriais, institucionaliza o modelo de governança em redes e o foco no desenvolvimento de pessoas e organizações. A EGD busca consolidar uma cultura digital colaborativa voltada para resultados de desenvolvimento sustentável.

A EGD foi criada através de um processo colaborativo com os demais órgãos da Prefeitura e especialistas no tema. Foram definidos cinco princípios norteadores, 13 objetivos estratégicos e 50 metas até 2033, com a missão de gerar um ambiente inovador e sustentável na cidade, para tornar Niterói uma cidade mais digital, integrada, humana e acessível.

As ações estão em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), com a Estratégia Nacional de Governo Digital, além dos instrumentos de planejamento do município como o Plano Estratégico Niterói Que Queremos 2013-2033 e o Plano Plurianual 2021-2025.

Foto: Lucas Benevides

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo