Niterói ganha Polo Gastronômico de Piratininga

Consolidada como uma cidade que tem excelentes restaurantes, Niterói ganhou oficialmente, nesta quarta-feira (23), uma nova rota de gastronomia. O prefeito de Niterói, Axel Grael, assinou a lei 3.751 que cria o Polo Gastronômico de Piratininga. Fazem parte 23 empresários do ramo, cujos comércios estão localizados na Avenida Almirante Tamandaré, no trecho entre a rotatória de Camboinhas e a praça Santa Paulina, incluindo o polígono formado pela rua Professor Ernani Faria Alves e a Avenida Raul de Oliveira Rodrigues.

Axel Grael explicou que a criação do polo facilita a interlocução com o poder público para a elaboração de políticas públicas que ajude a fomentar e dar estrutura para essas áreas, e ajuda a impulsionar os comerciantes.

“Quando trazemos a proposta do polo, é para que se reproduzam os bons resultados que temos em outros locais da cidade que fomentam e ajudam as atividades econômica. O fato de ter um polo facilita o fluxo de informações em caso de eventos ou shows nos entornos dos comércios, para que todos se estruturem e possam ser beneficiados. O título consolida a percepção da clientela. Toda essa região recebeu investimentos em drenagem, com solução avançada de engenharia. Estamos criando a iniciativas com o tecido urbano se adaptando a várias realidades. Os comerciantes terão esse papel de se desenvolver pois o comércio ganha com esse incentivo, a cidade ganha”, observou o prefeito.

O administrador Regional da Região Oceânica, Binho Guimaraes, destacou que, para que a lei fosse formulada, a prefeitura ouviu as necessidades do segmento.

“Vários secretários e secretárias participaram dessa formulação, representando o apoio que o setor público dá ao comércio e a gastronomia. Os comerciantes viveram momento difíceis durante a pandemia. Juntar forças é importante para incentivar o turismo. Já existe uma gastronomia forte e assim todos podem interagir. O decreto é mais uma etapa. Avançamos, com diversas obras incluindo a rotatória de Camboinhas e Parque Orla entre outras. A região Oceânica hoje, vive uma mudança de realidade”, explicou Binho.

O comerciante Luiz Guilherme Ouro, interinamente representando o Polo, destaca sua importância fomentar a economia.

“Era um pleito nosso para ajudar a alavancar a economia nesse pedacinho de Niterói. É uma forma de estarmos organizados e mostrarmos para outros bairros também o nosso potencial, além de entrar para o turismo pois entra para uma rota sacramentada. Nossa região mudou muito e ganhou muitas obras, então é o momento de termos esse impulso para ajudar na economia”, disse o empresário.

A lei cria regras e obrigações tanto para o poder público como conceder infra -estrutura, e fiscalização, como para os comerciantes em cumprimentos as legislações e ordem pública. Participaram ainda do lançamento os secretários de Ordem Pública, Paulo Henrique de Moraes, Conservação e Serviço Públicos (Seconser), Dayse Monassa, o sub secretário de Desenvolvimento Econômico, Igor Baldez, o coordenador Geral de Eventos da Prefeitura André Felipe Gagliano, o Presidente da Neltur, André Bento, dentre outros.

Cidade é destaque em gastronomia

Niterói é uma cidade consolidada e conhecida por sua boa gastronomia, com destaques internacionais com restaurantes consagrados e conhecidos do turismo internacional. Nos últimos anos, com incentivo e apoio do Governo Municipal, foram criados vários polos gastronômicos, que viraram point dos jovens, das famílias niteroienses e dos turistas. Os polos são de Icaraí, Ponta d`Areia, São Francisco, Região Oceânica, Cantareira. A cada dia conhecidos restaurantes se instalam na cidade.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo