Niterói realiza capacitação sobre assédio para profissionais de saúde 

A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói (SMS) realizou, na última terça-feira (05), a primeira ação do Projeto Comunica Saúde com uma capacitação em parceria com a Comissão de Ética e Integridade da Mulher (CEIM). Com o tema “Trabalho com respeito: diga não ao assédio”, a medida teve como público-alvo os funcionários dos departamentos pessoais dos Hospitais, Policlínicas e Unidades Básicas de Saúde. O evento aconteceu no auditório da Coordenação de Recursos Humanos da SMS.

A secretária municipal de Saúde, Anamaria Schneider, explica que essa é a primeira ação de uma série de capacitações que serão realizadas aos profissionais da rede.

“Hoje foi o início de uma série de ações com o objetivo de abordarmos temas importantes para os nossos servidores, garantindo um ambiente de trabalho mais acolhedor, com respeito e inclusão social. Agradeço a CEIM pela parceria e por abordar esse importante tema que é o assédio”, conta a secretária.

A coordenadora da Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres (Codim), Thamyris Elpídeo, explicou que a Comissão de Ética e Integridade da Mulher nasce a partir da necessidade de tornar todos os ambientes seguros para as mulheres, inclusive, e principalmente, para as servidoras da Prefeitura de Niterói. 

“Combater o assédio moral, sexual e a importunação sexual, bem como todos os tipos de violência contra as mulheres é a missão da Codim. Essas formações são de suma importância para o empoderamento feminino, para identificação das violências e o rompimento dos ciclos abusivos. Todas as mulheres da cidade podem contar conosco para a construção de uma realidade justa e equânime. A rede de saúde municipal é uma das principais portas de entrada para os nossos serviços, portanto, munir todos os colaboradores com informações sobre seus direitos representa a prestação de um serviço de qualidade, pois todas aquelas que cuidam de nós se sentirão protegidas. Uma vida livre das violências e um dever de todos”, declarou a coordenadora. 

De acordo com a controladora geral de Niterói, Cristiane Mara Rodrigues Marcelino, o Município segue avançando no combate ao assédio entre servidores municipais

“Entre as primeiras ações podemos citar a atualização do Código de Ética e Integridade Municipal, a parceria com outras secretarias para a criação da Comissão de Ética e Integridade Mulher, o fomento à criação de Comissões de Ética e Integridade em todas as indiretas e na Secretaria Municipal de Administração e, mais recentemente, o fortalecimento de ações de capacitações, como essas que estão ocorrendo na Secretaria Municipal de Saúde. Em paralelo, buscamos fortalecer os canais de comunicação, tanto com a sociedade quanto com servidores, onde há a possibilidade de denunciar atos de assédios, sejam morais, sexuais ou mesmo virtuais, bem como, todo tipo de abusos, má fé, nepotismo, ilegalidades e atos de desonestidade”, explica a controladora. 

Foram debatidos temas como assédio e importunação sexual, reforçando a importância do Código de Ética e Integridade, criado através do Decreto Municipal nº 14.293 de 2022, que classifica esses abusos que trazem sérios danos à saúde da pessoa assediada e também àqueles que convivem com ela, como os colegas de trabalho, os familiares e os amigos, podendo desencadear várias enfermidades como: depressão, insônia, diminuição da capacidade de concentração e memorização, irritabilidade constante, baixa autoestima, aumento de peso ou emagrecimento exagerado, aumento da pressão arterial, inflamação no estômago, palpitações, tremores e síndrome de burnout.

Comunica Saúde

Comunica Saúde é um projeto da secretaria de Saúde com o objetivo de capacitar os profissionais de saúde sobre temas como assédio, racismo, entre outros.

Fotos: Divulgação 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo