Prefeito de Niterói visita obras de renaturalização da Bacia do Rio Jacaré

O prefeito de Niterói, Axel Grael, acompanhou, nesta quarta-feira (25), o andamento das obras de renaturalização da Bacia do Rio Jacaré, na Região Oceânica da cidade. Para garantir a purificação da água e evitar que mais de 1,439 milhão de litros/dia de esgoto sejam despejados na Lagoa de Piratininga. O Rio Jacaré será o primeiro rio urbano do estado a ser recuperado após ação desordenada das últimas décadas. A Prefeitura de Niterói avança em várias frentes de obras. A previsão é de que as intervenções sejam finalizadas no segundo semestre de 2024.

O prefeito Axel Grael falou sobre a complexidade das obras, que transformarão a região depois da finalização do projeto.

“Quando a gente fala da transformação aqui do Jacaré para um bairro sustentável, não estamos falando só do rio, estamos falando também de uma série de ações que foram feitas com foco na urbanização de várias comunidades ao longo da Estrada Frei Orlando. Estamos falando da unidade do Médico de Família, que foi feita também com os recursos do Pró-Sustentável. Falamos do Parque Orla Piratininga, que fica à beira da lagoa onde o Rio Jacaré desemboca. Ainda temos um longo trabalho pela frente, mas dá orgulho de ver o quanto a gente avançou e o quanto estamos transformando essa região tão especial de Niterói. Continuamos trabalhando para fazer de nossa cidade uma referência de sustentabilidade urbana e de justiça social”, explicou Axel Grael.

O secretário de Meio Ambiente, Rafael Robertson, fez coro à voz do prefeito quanto à importância do projeto para a sustentabilidade da cidade.  

“O Rio Jacaré hoje é o maior contribuinte da nossa Lagoa de Piratininga e, junto com ele, estamos saneando a comunidade de Jacaré com diversas ações, evitando despejo regular de esgoto nos nossos rios e nos nossos corpos hídricos. Então, essas intervenções vão modificar a cara da cidade, da região e a qualidade ambiental do nosso sistema lagunar”, afirmou o secretário de Meio Ambiente.

A renaturalização da bacia inclui a recuperação do rio, de suas nascentes e de sua faixa marginal de proteção, que é uma Área de Preservação Permanente (APP). Também vão ocorrer melhorias no saneamento das comunidades do entorno e a garantia de soluções de drenagem sustentáveis para a Estrada Frei Orlando. Esse projeto está sendo coordenado pelo Programa PRO Sustentável.

A coordenadora do PRO Sustentável, Dionê Marinho Castro, explicou que a equipe está trabalhando, entre outras frentes, na reeducação da população quanto ao descarte de resíduos no local.  

“Estamos fazendo um trabalho intenso com os moradores do entorno sobre os resíduos que despejam no rio. Não adianta a gente reforçar os trabalhos com a Clin, por exemplo, se os moradores continuarem com hábitos que poluem as águas. É preciso que os moradores entendam a importância de mudar o comportamento quanto à questão do descarte de resíduos e esse é nosso maior desafio”, afirmou Dionê Marinho Castro. 

De acordo com o secretário Municipal de Obras, Vicente Temperini, além da renaturalização da Bacia do Rio Jacaré, o resultado das obras prevê espaços de integração, como praças e mirantes, ao longo de toda a orla do rio.

“Estamos entrando aqui neste local não só com obras para a renaturalização do rio, mas com uma reformulação de todos os espaços, requalificando o local, oferecendo espaços como praças para aproximar o cidadão do rio com qualidade”, ressaltou Vicente Temperini.

A região da bacia do Jacaré já foi uma grande fazenda e conta, hoje, com uma média de 7 mil habitantes que começam a ser beneficiados com as intervenções do poder público. Até meados do ano passado, moradores de baixa renda não tinham suas casas conectadas à rede de esgoto. O local já recebeu saneamento nas comunidades do Cabrito, Vale Verde e Saibreira e atualmente estão sendo executadas obras de recuperação da Bacia do Rio Jacaré, principal rio contribuinte à Lagoa de Piratininga através dos 5,9 km de extensão.

Praça Dr. Hudson Cordeiro – Nos últimos anos, a região do Jacaré também ganhou um prédio do Programa Médico de Família (PMF) que privilegia tecnologias verdes (drenagem, iluminação e ventilação naturais, aproveitamento de águas pluviais e energia solar) e a instalação de estrutura anexa para as Práticas Integrativas e Complementares à Saúde (cultivo de espécies medicinais e produção de remédios fitoterápicos). Nesta quarta-feira (25), o prefeito realizou a entrega da Praça Dr. Hudson Cordeiro, que fica integrada ao PMF. A proposta é que o Jacaré possa ser considerado um bairro ambientalmente sustentável.

A secretária municipal de Saúde, Anamaria Schneider, falou sobre a importância da praça para o local.

“Essa praça é um orgulho. É mais um espaço de contemplação que a população ganhou junto ao rio preservado. Além disso, foi toda projetada dentro do conceito da Urban95, com brinquedos naturais para as crianças.”, disse a secretária municipal de Saúde.

A praça homenageia o médico Hudson Cordeiro, que atendeu a população do PMF do Jacaré e faleceu recentemente. 

Foto: Luciana Carneiro

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo