Prefeito Axel Grael discute parcerias com parlamentar franco-brasileira de Seine-Saint-Denis, na Grande Paris

O prefeito de Niterói, Axel Grael, se encontrou, nesta quinta-feira (22), com a parlamentar franco-brasileira Sílvia Capanema, de Seine-Saint-Denis, na Grande Paris. O prefeito recebeu a brasileira naturalizada francesa no Museu de Arte Contemporânea (MAC), acompanhado do secretário de Ações Estratégicas e Economia Criativa, Andre Diniz; da secretária das Culturas, Júlia Pacheco; e da presidente da Fundação de Arte de Niterói (FAN), Micaela da Costa Zeferino.

Axel Grael destacou que, na reunião, foram discutidas várias frentes de parcerias. O prefeito afirmou que, no futuro, Niterói e Seine-Saint-Denis podem se tornar cidades-irmãs.

“Pensamos em várias parcerias. Na área da cultura, envolvendo o Projeto Aprendiz e o Balé de Niterói. Paris vai receber os Jogos Olímpicos deste ano e boa parte das provas será em Saint-Denis. Temos muitas afinidades. A parlamentar é brasileira e tem compreensão da nossa realidade e como um lado pode beneficiar o outro nesta parceria. Pensamos em algumas possibilidades como, por exemplo, levar a nossa Unidos do Viradouro, campeã do carnaval, a se apresentar em Saint-Denis. Vamos desenvolver melhor essas ideias para que a gente fique maduro para construir essas parcerias de cidades-irmãs”, afirmou o prefeito.

Sílvia Capanema nasceu em Minas Gerais e se naturalizou francesa. Ela está há 22 anos no país europeu. Além de parlamentar por Seine-Saint-Denis, ela é historiadora, pesquisadora e professora universitária com mestrado e doutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales, em Paris.

A parlamentar ressaltou que o encontro com o prefeito foi muito positivo. Sílvia Capanema acredita que as duas cidades vão desenvolver parcerias duradouras.

“Estamos em um contexto muito favorável para parcerias. Temos um governo federal no Brasil com uma nova agenda de relações internacionais. Na França, teremos os Jogos Olímpicos este ano e, no próximo ano, o Ano do Brasil na França e, depois, o Ano da França no Brasil. O momento é favorável para parcerias duráveis e com legado. O potencial de Niterói é muito grande por tudo que foi investido nos últimos anos em cultura, patrimônio, educação e serviços públicos. Hoje a gente vê o resultado. Em Seine-Saint-Denis as prioridades são cultura, educação, acessibilidade, transporte, valorização do patrimônio e melhorias sociais. Essa parceria com Niterói vai ser de mão dupla”, afirmou a parlamentar franco-brasileira.

Além do Museu de Arte Contemporânea (MAC), Sílvia Capanema conheceu a Ilha da Boa Viagem, que foi aberta à visitação pública em 2023. 

Foto: Lucas Benevides

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo