Prefeitura de Niterói arrecada mantimentos e produtos de limpeza nos pontos de vacinação contra Covid-19

09/04/2021 – A Prefeitura de Niterói iniciou, nesta sexta-feira (09), a arrecadação de alimentos não perecíveis e materiais de limpeza e de higiene nos pontos de vacinação contra a Covid-19. A campanha “Niterói Solidária”, coordenada de forma voluntária pela primeira-dama, Christa Grael, estimula as pessoas que estão se vacinando a fazerem uma doação para a população em maior vulnerabilidade social da cidade. Desde abril de 2020, a Prefeitura de Niterói já investiu mais de R$ 600 milhões em ações para reduzir impactos sociais e econômicos da pandemia.

No início da tarde a primeira-dama visitou o posto e comentou sobre o engajamento das pessoas.

“Queremos agradecer aos niteroienses pelas doações nesse primeiro dia de arrecadação. A população da nossa cidade mostra mais uma vez sua solidariedade para ajudar o outro. A campanha continua nos próximos dias e convidamos você a doar, se quiser e puder, para ajudar as pessoas da nossa cidade que mais estão precisando. Todos os pontos de vacinação contra Covid-19 estão recebendo os itens de alimentação e higiene”, disse Christa Grael.

Uma das primeiras a participar da campanha foi a professora Graziela Ferreira de Melo, 35 anos, e a sogra dela, Ângela Maria de Melo, 66 anos.

“Li no Instagram da prefeitura sobre a campanha e resolvemos ajudar. Sempre participamos de campanhas de doação com o pouco que temos disponível”, conta Graziela Ferreira, que não se vacinou e foi ao posto de vacinação da Policlínica Sérgio Arouca, no Vital Brazil, apenas acompanhando a sogra, que recebeu a dose da vacina.

As duas, moradoras de Icaraí, doaram arroz, feijão, café, biscoitos e sabonetes. Dona Ângela contou que sempre participa com doações na Igreja católica que frequenta. Graziela disse que costuma participar de mutirões promovidos por amigos para arrecadar alimentos para pessoas em situação de rua. “Felizmente nossa família não está passando necessidades, mas sabemos que tem muita gente sem ter o que comer. Por isso, sempre que possível, doamos o que podemos. É pouco, mas já ajuda”, disse Graziela Ferreira.

Até o final da tarde, no posto da Policlínica Sérgio Arouca foram arrecadados mais de 100 quilos de alimentos e produtos de limpeza.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, afirmou que o programa surgiu depois de inúmeras mensagens de niteroienses dispostos a contribuir. “Temos recebido pedidos de pessoas que gostariam de contribuir com doações para ajudar as famílias mais necessitadas do nosso município. E o programa Niterói Solidária é uma oportunidade para que a prefeitura e a sociedade possam unir esforços para superarmos esse momento de dificuldade”, afirmou o prefeito.

A campanha Niterói Solidária tem como público-alvo pessoas que não se enquadram nos benefícios disponibilizados pelo Município. A distribuição do material arrecadado ficará a cargo das instituições parceiras no projeto, como representantes da Cruz Vermelha, escoteiros e voluntários da Defesa Civil de Niterói, com o apoio de servidores e das Secretarias Regionais.

De segunda a sexta-feira, a vacinação é realizada nas policlínicas da Engenhoca, Barreto, Fonseca, São Lourenço, Vital Brazil, Itaipu e Piratininga, no drive thru no Campus Gragoatá da UFF e no Clube Central, em Icaraí, das 8h às 17h. A entrada nos locais é até 16h. Aos sábados, duas policlínicas regionais e o drive thru do Campus Gragoatá da UFF ficarão abertos, das 8h às 12h, para vacinação. No dia 10 de abril, estarão abertas as Policlínicas Regionais da Engenhoca e Largo da Batalha. Já no dia 17, as Policlínicas Regionais Sérgio Arouca e Carlos Antônio da Silva. No dia 24, a vacinação acontece nas regionais do Fonseca e Itaipu. No dia 1º de maio, a imunização será realizada nas Policlínicas Regionais de Piratininga e Barreto.

Economia – Desde abril de 2020, a Prefeitura de Niterói investiu R$ 600 milhões em medidas para reduzir os efeitos sociais e econômicos da pandemia. Os programas Renda Básica Temporária e Busca Ativa, que beneficiam cerca de 50 mil famílias niteroienses com um auxílio de R$ 500 por mês, foram prorrogados até julho. Os Microempreendedores Individuais (MEIs), assim como os taxistas e motoristas de vans escolares também são beneficiados com um auxílio de R$ 500.

Na área da economia, o Programa Empresa Cidadã auxilia micro e pequenas empresas do Município com recursos para o pagamento de sua folha. Já foram investidos cerca de R$127 milhões, a previsão é de que até julho a prefeitura faça um aporte de mais R$ 48 milhões, preservando 12 mil empregos. Além disso, os programas Niterói Supera e Supera Mais concedem crédito com juro zero para micro e pequenas empresas. E, no dia 24 de março, a Prefeitura de Niterói anunciou o adiamento, por dois meses, das datas de pagamento do Imposto Sobre Serviços (ISS). Com a decisão, durante os meses de abril e maio não haverá do imposto, que poderá ser quitado, sem qualquer acréscimo, até o primeiro trimestre de 2022.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo