Processo Eletrônico vai acabar com o papel na administração de Niterói

O Processo Eletrônico é uma iniciativa da Prefeitura de Niterói que tem o objetivo de eliminar o uso do papel nos processos administrativos municipais. Em entrevista à Rádio CBN, nesta segunda-feira (15), a secretária de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (SEPLAG), Ellen Benedetti, destacou que o Processo Eletrônico tem dois focos principais: a questão da sustentabilidade, ao avançar na digitalização da Prefeitura, e a melhoria dos serviços prestados aos moradores da cidade.
Na entrevista, Ellen Benedetti reforçou que o Processo Eletrônico é uma ação estratégica para Niterói. “Vamos eliminar 25 toneladas de papel por ano. Além disso, vamos ter uma economia financeira de 500 mil reais anuais, porque vamos evitar a impressão de papel de forma desnecessária nos processos administrativos”, afirmou a secretária.
A titular da SEPLAG explicou que o Processo Eletrônico vai fazer com que a Prefeitura de Niterói seja ainda mais transparente e dialogue com os cidadãos com máxima eficiência. Ellen Benedetti disse que a previsão é de reduzir em 50 vezes o tempo de tramitação dos processos administrativos.
“O Processo Eletrônico está alinhado com uma estratégia mais ampla de atenção ao cidadão. Nos primeiros 100 dias da gestão do prefeito Axel Grael lançamos um Portal de Serviços ao Cidadão. Hoje, o morador de Niterói consegue acessar vários serviços da Prefeitura neste ambiente digital. Com o Processo Eletrônico, o objetivo é que o cidadão possa acompanhar, de forma mais ágil, a tramitação de sua demanda junto ao município”.
Ellen Benedetti lembrou, durante a entrevista à CBN, que a digitalização da Prefeitura de Niterói começou em 2013 e que o Processo Eletrônico é resultado da experiência acumulada neste período. “Em 2013, havia em Niterói mais de 45 sistemas de protocolo diferentes. O cidadão ficava perdido. Hoje o sistema de protocolo é único”.
A secretária disse que a expectativa é de que os processos administrativos estejam 100% digitalizados em até dois anos. Ellen Benedetti afirmou que a ideia é avançar no cronograma à medida em que os servidores vão sendo treinados para esta transformação. A capacitação dos funcionários já começou. “Nos últimos 20 dias, realizamos o treinamento para cerca de 200 servidores públicos. Assim, alguns processos já vão tramitar de forma eletrônica imediatamente. Vamos ampliar o treinamento e acelerar o trabalho para eliminar o papel na Prefeitura de Niterói”.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo