Restaurante Cidadão da Prefeitura de Niterói recebe chef que começou no equipamento e ganhou o mundo com seus pratos

Nesta quinta-feira (27), os frequentadores do Restaurante Cidadão Jorge Amado aproveitaram mais uma edição do Chef Popular e a presença do Horonato Vieira, primeiro chefe de cozinha do Restaurante Popular. Ele tem no currículo experiências em produzir delícias para o Rock In Rio, para a Sapucaí e até para um cruzeiro. Para a experiência de retornar a um restaurante popular, ele realizou um processo de defumação na copa-lombo assada, que foi servida com canjiquinha cremosa, cenoura salteada com ervas e arroz com espinafre. Diariamente, são quase 2 mil refeições servidas aos moradores de Niterói e cidades do entorno como São Gonçalo e a capital Rio de Janeiro.  

O Projeto Chef Popular traz nomes da gastronomia para o desafio de preparar um prato diferente com ingredientes que fazem parte da rotina do restaurante. Honorato conta que a paixão vem enraizada na genética.

“Minha grande paixão pela cozinha veio da minha mãe, que tinha requinte e fazia trabalhos sociais com moradores de rua, em comunidades e igrejas. Isso me despertou a vontade de fazer faculdade de gastronomia. Tive oportunidade de estagiar em grandes lugares, porém minha satisfação é a cozinha popular. Cada prato servido vale mais do que qualquer dinheiro. A ideia do cardápio é levar algo simples, porém com muita riqueza em sabores, nutrição e facilidade em preparo, que possa virar costume do Restaurante Cidadão de Niterói”.

Honorato Vieira é formado em gastronomia com especialização em produção. Na bagagem, depois de sair do Restaurante Popular, ele já fez trabalhos no Copacabana Palace, Fairmont Hotels & Resorts, Rock In Rio, Sapucaí e Cruzeiro Royal Caribe. Atualmente atua em sua empresa de consultoria de alinhamento de produções para empresas e restaurantes e eventos com jantar no segmento de finger food com a alta gastronomia.

Sobre o restaurante

O Restaurante Cidadão Jorge Amado da Prefeitura de Niterói, localizado no Centro, foi municipalizado em 2017 e já serviu mais de 2,72 milhões de refeições desde sua municipalização. Só em 2022, foram 306 mil refeições, entre almoço e café-da-manhã. O equipamento é uma opção econômica para a população da cidade e de outros municípios que vem garantir uma alimentação balanceada.

Lá, é possível ter uma boa alimentação pelo valor de R$ 2 no almoço e o desjejum por R$ 0,50. O restaurante funciona de segunda a sexta-feira, de 6h às 9h, para o café da manhã e, de 10h às 15h, para o almoço.

Fotos: Divulgação SMASES

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo