Nova ciclofaixa com travessia elevada é construída na Região Oceânica

Mais infraestrutura e segurança para moradores, comerciantes e estudantes da Região Oceânica. Até o fim de março, a Prefeitura de Niterói vai concluir as obras de construção de uma ciclofaixa segregada e uma travessia elevada na rua Dr. Cornélio de Melo Júnior, em Piratininga, em frente ao Colégio Salesiano.

A nova ciclofaixa irá conectar o futuro acesso ao Parque Orla Piratininga Alfredo Sirkis (POP) com a ciclovia da Transoceânica. Serão 430m de ciclofaixa bidirecional segregada por tachões.

“A ampliação da malha cicloviária é parte das iniciativas para a humanização do trânsito e dos espaços públicos em nossa cidade. O objetivo é ter uma Niterói mais saudável, segura e democrática para todos”, afirmou o prefeito de Niterói, Axel Grael.

O coordenador do Niterói de Bicicleta, Filipe Simões, lembra que o projeto foi discutido com representantes da Coordenadoria Niterói de Bicicleta, da Administração Regional Oceânica e do Colégio Salesiano.

“Nosso objetivo é compor a malha cicloviária da Região Oceânica e oferecer uma infraestrutura segura de bicicletas para dar acesso à escola. A criação da travessia elevada trará mais segurança para a rua como um todo, com redução da velocidade de veículos e prioridade dos modais ativos na travessia”, detalhou.

O secretário da Regional Oceânica, Binho Guimarães, ressalta que as ciclovias são uma alternativa para a melhora da mobilidade.

“Estamos em constante diálogo com os moradores locais para entender suas solicitações e encaminhá-las aos responsáveis no Executivo. Trabalhamos diuturnamente para chegarmos à melhor solução. As ciclovias não só fornecerão uma alternativa na mobilidade urbana e na circulação das pessoas, mas também serão importantes locais de lazer e para a prática de esportes”.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo