Prefeito de Niterói acompanha equipes de órgãos municipais que atuam na cidade depois de fortes chuvas

O prefeito de Niterói, Axel Grael, esteve, nesta quarta-feira (08), em algumas das áreas mais afetadas pela forte chuva que atingiu a cidade nesta terça (07). O prefeito foi acompanhar de perto o trabalho das equipes de vários órgãos municipais que estão nas ruas.

O prefeito esteve na comunidade Boa Esperança, na Região Oceânica de Niterói.

“Viemos aqui para ver o que aconteceu com as chuvas dos últimos dias, principalmente essa chuva de terça à noite. Aqui é uma comunidade onde a gente tem um dos maiores investimentos em contenção de encostas. Aqui é um lugar emblemático onde já tivemos um acidente que nos entristeceu. A gente quer que aqui seja uma comunidade cada vez mais resiliente”.

Obras na comunidade Boa Esperança – O investimento total da Prefeitura em obras de infraestrutura e contenção de encostas na comunidade Boa Esperança é de R$ 48 milhões. Já foram concluídas intervenções em três pontos da região. Estão em andamento obras em outros seis pontos da comunidade.  Em 2018, um deslizamento no Boa Esperança causou a morte de 15 pessoas e deixou várias outras desabrigadas.

A presidente da Associação de Moradores do Boa Esperança e voluntária do Núcleo de Defesa Civil de Niterói (Nudec) desde 2019, Cremilda Santos, destacou as obras de contenção de encostas no local. “No Nudec, damos apoio às famílias que se encontram com moradias interditadas. Queremos agradecer a presença do prefeito Axel Grael e dos secretários, principalmente por conta das obras de contenção feitas aqui na comunidade. São seis grandes pontos de obras muito importantes para nós”, afirmou Cremilda Santos.

Moradora do Boa Esperança há 25 anos, a dona de casa Rosilda Maria da Silva, de 54 anos, ressaltou a importância das obras na comunidade. “Claro que quando tem chuva fico preocupada com os deslizamentos. Mas a situação já melhorou muito com as obras que foram feitas pela Prefeitura. Fico mais tranquila assim”, disse a dona de casa.

O prefeito Axel Grael também esteve na comunidade da Ciclovia, também na Região Oceânica de Niterói.

Previsão de mais chuva – Novos núcleos de chuva se formaram sobre a cidade do Rio de Janeiro e se deslocam em direção a Niterói. Permanece a previsão de pancadas de chuva moderada/forte para as próximas horas. Os maiores acumulados em uma hora são: Piratininga (8,8 mm), Jurujuba (8,0 mm), Preventório (5,4 mm) e Cavalão (2,8 mm).

A Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia de Niterói informou que o volume da chuva desta terça-feira (07) foi muito acima do esperado: 115% da média climatológica para o mês, que é de média 134mm.

Estágio de alerta – Niterói segue em estágio de alerta. A Defesa Civil trabalha com quatro estágios operacionais: Vigilância (normal), Atenção, Alerta e Alerta Máximo, que se referem às condições meteorológicas. Cada estágio possui medidas e protocolos que devem ser adotados pela Defesa Civil, órgãos públicos e pela população que vão do monitoramento até a evacuação de pessoas em áreas de risco

Cerca de dois mil agentes da Prefeitura estão nas trabalhando nas ruas da cidade. São agentes da Defesa Civil, Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser), Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans), Secretaria Municipal de Saúde, Samu e Secretaria de Assistência Social e Economia Solidária.  

Limpeza das ruas – A Companhia de Limpeza de Niterói (Clin) está com cerca de mil funcionários e maquinários específicos envolvidos na limpeza das vias. Até o momento foram recolhidas mais de 310 toneladas de lixo e lama dos bairros mais afetados.

A NitTrans está com o efetivo reforçado, com operadores nas ruas orientando os motoristas e atuando nos desvios necessários. Equipes da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) e da Clin estão atuando nos serviços emergenciais de retirada de árvores, limpeza de ralos, caixas de passagem e ruas. Também há caminhões Vac All – equipamentos de aspiração com alto poder de sucção – percorrendo trechos da cidade. O veículo é usado em pontos de alagamento para agilizar o escoamento da água.

Foto: Alex Ramos

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo