CISP identifica e auxilia na apreensão de mais um veículo clonado na Zona Norte de Niterói (RJ)

O Sistema de Cercamento Eletrônico do Centro Integrado de Segurança Pública de Niterói (Cisp) identificou mais uma vez um carro clonado circulando pela cidade. A Polícia Militar foi acionada e o veículo foi interceptado pelas autoridades policiais. É o décimo carro clonado recuperado desde janeiro no município, graças ao monitoramento do Cisp, que é uma ferramenta disponibilizada pela Prefeitura de Niterói, em auxilio as forças de segurança no combate à criminalidade e que atua 24 horas por dia.

Guardas municipais da Agência de Inteligência do Centro Integrado de Segurança Pública (Aicisp) identificaram um veículo suspeito de ser clonado e informaram a localização do veículo para os policiais da Operação Segurança Presente no Fonseca. O condutor desobedeceu a ordem de parada e trocou tiros com a guarnição. Ele desembarcou e conseguiu fugir a pé. Os policiais encaminharam o veículo à 78ª DP (Fonseca), onde foi constatado que se tratava de um carro clonado.

A polícia segue realizando buscas e analisando imagens de câmeras de segurança para identificar o paradeiro do criminoso que conseguiu fugir. O CISP recebe denúncias e informações através dos números 153 (telefone) e (21) 98450-0153 (WhatsApp).

Na última semana, as câmeras auxiliaram na prisão de um suspeito de roubo de carga de Maricá que utilizava também uma placa clonada. As câmeras do Cisp também foram utilizadas foram usadas em uma ação conjunta deflagrada pela Polícia Federal na Operação Mente de Colmeia, para desarticular a atuação de um grupo criminoso especializado no transporte de drogas por avião. Foram cumpridos 12 mandados de prisão em diversos estados no Brasil. Em Niterói, o Núcleo de Capturas DPF/NRI/RJ contou com auxílio do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) no monitoramento do veículo de um dos suspeitos, que foi preso em Piratininga, Região Oceânica.

O Centro Integrado de Segurança Pública completou sete anos em 2022, superando a marca de 200 mil atendimentos através do número 153, e consolidando-se como uma ferramenta de apoio à população para a solução das mais variadas demandas, além de ser uma importante ferramenta das forças de segurança no combate à criminalidade, com crimes elucidados e criminosos presos em ações orientadas pelos guardas municipais que operam no Cisp.

Balanço realizado pelo setor de inteligência do Cisp mostrou que tanto o monitoramento diário de câmeras quanto o rastreamento feito após inserção de dados no sistema auxiliaram as polícias Civil, Federal e Rodoviária Federal na resolução de inúmeros casos. Foram 357 casos em 2019, 781 em 2020, 891 em 2021 e, mais de 315 casos analisados com o auxílio do órgão em 2022.

Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) – Ferramenta disponibilizada pela Prefeitura de Niterói para auxiliar as forças de Segurança através de monitoramento 24 horas, o Cisp conta com 522 dispositivos eletrônicos e mais 70 inteligentes do cercamento eletrônico. O cercamento, que tem tecnologia de ponta, será acrescido de mais 50 outras câmeras. Essas câmeras são capazes de captar em segundos a placa de um veículo ou fragmentos que estejam envolvidos em algum tipo de ocorrência. As placas dos veículos são inseridas no sistema de cercamento eletrônico, e os veículos monitorados também em tempo real pelas câmeras do Cisp. O município conta ainda com 10 portais de segurança nas entradas e saídas da cidade.

O Cisp se tornou também uma importante ferramenta de auxílio à população através do número 153, cujo Call Center é operado por guardas municipais treinados para atendimento aos moradores em situações das mais variadas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo