Umei Rosalina de Araújo ganha novo espaço recreativo e de aprendizado

Alunos da Unidade Municipal de Educação Infantil Rosalina de Araújo, no Barreto, fizeram a maior festa nesta segunda-feira-feira (25), na inauguração de uma casa de bonecas, a Casinha Coração (nome dado por elas). O espaço, que um dia já havia sido uma casinha de bonecas, foi recuperado e reformado pela Fundação Municipal de Educação (FME) para criar um ambiente de aprendizado, desenvolvimento e interação entre os pequenos.

A alegria tinha uma razão de ser: partiu delas o desejo, a luta e o empenho para que o espaço fosse reconstruído e entregue. Tudo começou quando a garotada enviou uma carta ao Prefeito Axel Grael solicitando a construção da casinha e foi atendida.

O secretário Municipal de Educação e presidente da Fundação Municipal de Educação de Niterói, Bira Marques, esteve presente, acompanhado da subsecretária de Gestão Escolar, Djenane Freire, e do Superintendente de Obras da FME, Ricardo Grieco.

“A educação tem o papel social de formar cidadãos e é importante que essa semente seja plantada desde a Educação Infantil. As crianças participaram de todo processo de idealização e reforma desse espaço, e foi emocionante ver o sorriso estampado no rosto de cada uma delas”, disse o secretário e presidente.

Os alunos fizeram questão de acompanhar todas as etapas da construção e de conclusão das obras. Também marcaram a data da inauguração e organizaram a lista de convidados, com presença de toda a comunidade escolar e dos operários que trabalharam na reforma.

“Desde que recebemos a solicitação das crianças, a equipe de obras e manutenção trabalhou com todo carinho para criar esse espaço. Elas participaram ativamente, acompanhando cada etapa das obras e se inteirando sobre o que estava acontecendo. Foi uma construção de sonhos muito participativa”, contou o superintendente de Obras, Ricardo Grieco.

A professora Andréia Antunes foi quem desenvolveu o projeto com as crianças da turma GREI 5C (5º ano). A partir da reivindicação, houve um trabalho de escuta e participação democrática com os pequenos.

“No início do ano, os alunos quiseram saber o que tinha no espaço na frente da escola. Mostramos as fotos e explicamos que ali ficava a casinha onde as crianças brincavam. Eles decidiram que queriam a casinha de volta. Foi quando surgiu a ideia de se usar as letras e eles decidiram fazer as cartinhas”, disse a professora Andréia.

A pequena Vitória Viana, aluna do GREI5C, era uma das mais animadas com a entrega.

“A gente fez uma cartinha para o prefeito porque a gente queria muito uma casinha para brincar com todo mundo da escola. Aqui é um lugar muito legal e dá para inventar um monte de brincadeiras” falou Vitória.

A Umei Rosalina de Araújo desenvolve um trabalho pedagógico que já foi reconhecido em duas ocasiões. Em 2001, recebeu o prêmio Qualidade na Educação Infantil com o projeto “Começando a pensar com Ciência”, da Undime. Em 2005, foi a vez do Projeto “Arte Naif e outras artes na Educação Infantil”, premiação concedida pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC).

“Eu perguntei para eles o que aprenderam com a experiência da casinha. Eles responderam que a gente pode lutar usando as palavras. Esse espaço aqui, além de ser um local de se brincar, é também um espaço de se construir conhecimentos, onde a imaginação e a fantasia, além de importantes, precisam estar presentes na vida das nossas crianças” afirmou a diretora Lilian Aguiar.

A Unidade Municipal de Educação Infantil Rosalina de Araújo é dirigida pelas professoras Lilian Aguiar e Renata Cunha. A unidade atende 295 crianças em horário parcial, na faixa etária dos 3 aos 5 anos.

“A atitude das crianças não me surpreendeu. Os nossos projetos buscam trabalhar questões como a participação e a cidadania. Elas nos questionam o tempo todo e se envolvem com todas as atividades que a escola organiza. É emocionante ver como elas lutaram, se mobilizaram e conseguiram realizar a Casinha Coração”, finalizou Lilian.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo