Inovação: Secretaria de Ciência e Tecnologia e Inovação promove encontro de resultados

A Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Informação (SMCTI), promoveu um encontro para apresentar resultados do Ecossistema Local de Inovação (ELI) de Niterói, nesta segunda-feira (11). O ELI conta com a participação do município, empresas, organizações não governamentais, universidades, escolas técnicas e de outros segmentos da cidade envolvidos com as áreas de tecnologia e inovação.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, participou da apresentação dos resultados e ficou impressionado com o trabalho que vem sendo desenvolvido nesse pequeno período.

“Fiquei muito impressionado com a qualidade do relato de vocês sobre o que foi desenvolvido ao longo desse último período. Estamos desde o início pensando nessa cidade inteligente e em como fazer com que esse grande potencial de Niterói seja melhor aproveitado justamente nessa vocação para a ciência, tecnologia e inovação. Nesse prazo relativamente curto, desde o lançamento do ELI, nós conseguimos constituir de uma forma orgânica esse ecossistema de inovação, o que me dá muita certeza que nós estamos no caminho certo e que, além da qualidade, digamos assim, da tração do trabalho que vocês estão fazendo, a gente vê que o planejamento de vocês não está pendurado na prefeitura e isso mostra a força que a gente tem, porque é justamente isso que a gente queria. Esse ecossistema precisa ser da sociedade e dos empreendedores de Niterói e a prefeitura fazer o seu papel de fomento a esse processo”, enfatizou Axel.

O Ecossistema de Inovação de Niterói é composto de cinco áreas prioritárias – Saúde, Economia do Mar, Economia Criativa, Tecnologia da Informação e Comunicação e Transição Energética e Descarbonização. Em 2023, esses eixos temáticos trabalharam na construção de um Pacto pela Inovação e nos temas pertinentes de cada área. Além disso, foi instituída uma governança para pensar na estruturação desse pacto e seu plano de ação.

A secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Valéria Braga, destacou a importância da troca entre os eixos e como isso coloca Niterói de forma diferenciada na formação do ecossistema.

“Agradeço a cada pessoa quem tem contribuído junto a esse programa que temos feito com o Ecossistema Local de Inovação. Esse momento é muito importante, porque às vezes a gente naturaliza o que está fazendo. Quando a gente começa a sistematizar, a trocar, percebemos os resultados. Através de outros parceiros que têm experiência com Ecossistemas de Inovação, nós vimos que o de Niterói é diferenciado justamente pela divisão em eixos temáticos com a representação de todos os segmentos. Isso é uma inovação”, disse Valéria.

O encontro reuniu representantes de todos os eixos prioritários que fizeram uma apresentação das suas atividades, progressos, desafios, conquistas e do Plano de Ação para o ano de 2024.

Foto: Lucas Benevides

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo