Despejo irregular de resíduo eletrônico provoca princípio de incêndio em caminhão da Clin

O descarte irregular de uma bateria provocou um princípio de incêndio na última semana. Um caminhão da Clin começou a pegar fogo, depois que o veículo iniciou a operação de compactar resíduos e, entre os detritos, havia uma bateria, que fora despejada de forma incorreta por um morador, que colocou o material eletrônico em recipiente destinado exclusivamente à resíduos recicláveis comuns, tais como, papel, papelão, alumínio, entre outros. 

Apesar da Companhia manter de forma permanente informações explicativas de como se deve realizar corretamente o descarte de resíduos eletrônicos, a Clin intensificou na última semana ações educativas, em diversos bairros da cidade para chamar a atenção dos moradores que o despejo precisa ser feito de maneira responsável em um dos ecopontos da cidade.

Desde junho de 2022, a Clin passou a receber resíduos eletroeletrônicos em seis pontos de programa ECOCLIN. A iniciativa, desenvolvida por meio de uma parceria com a empresa E-Ambiental, tem como objetivo facilitar o acesso para que mais pessoas possam realizar o descarte de forma consciente, evitando a degradação ambiental causada pelo despejo incorreto desse tipo de material.

A entrega de pilhas e baterias usadas pode ser feita nos pontos de entrega voluntária em um dos endereços abaixo: 

• Largo da Batalha

Rua Leonor da Glória, s/nº – Pendotiba.

• Barreto

Dentro do Horto do Barreto – Rua Dr. Luiz Palmier.

• Fonseca

Alameda São Boaventura, 770 (dentro do Horto Botânico).

• Itaipu

Ao lado da estação de tratamento de esgoto – Rua O, s/n°.

• Santa Bárbara

Rua Doutor Luiz Felipe de Moraes Lamego, 490.

• Ilha da Conceição

Centro Social Urbano da Ilha da Conceição, Rua Jornalista Sardo Filho.

Foto: Divulgação

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo